Vardy admite conduta imprópria e pode pegar jogo extra de suspensão no Leicester

Autor de 22 gols na surpreendente campanha do líder Leicester no Campeonato Inglês, Jamie Vardy admitiu nesta quinta-feira que agiu com conduta imprópria contra o árbitro Jonathan Moss após ser expulso na partida diante do West Ham, que terminou empatada por 2 a 2, no último final de semana, pelo Campeonato Inglês.

Estadão Conteúdo

21 de abril de 2016 | 23h20

Por ter admitido a conduta após acusação da Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês), o jogador corre o risco de levar uma partida extra de suspensão. Por causa do cartão vermelho, ele já está automaticamente fora do confronto diante do Swansea, no próximo domingo, em casa, pela 35ª rodada do Inglês.

Vardy solicitou uma audiência pessoal para ser julgado pelo comitê disciplinar da FA, em tentativa de evitar este duelo extra de gancho. E, caso seja condenado neste julgamento ainda com data a ser marcada pela entidade, o atleta não poderá enfrentar o Manchester United, no Old Trafford, no dia 1º de maio.

No jogo entre Leicester e West Ham, o árbitro Moss tomou decisões polêmicas no final da partida e foi alvo da fúria de Vardy, que chegou a apontar o dedo indicador para o rosto do juiz. Na ocasião, os jogadores do líder do Inglês reclamaram da expulsão de Vardy por uma simulação, da marcação do pênalti para o West Ham e da não marcação de uma penalidade máxima sobre Huth.

Nesta reta final do Campeonato Inglês, na qual só restam quatro rodadas a serem disputadas, o Leicester está cinco pontos à frente do vice-líder Tottenham, que na segunda-feira encara o West Bromwich, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.