Vascaínos revelam ansiedade antes de clássico

Um clássico entre Vasco e Flamengo é especial por si só, dada a rivalidade acentuada que marca o confronto. Alguns jogadores no elenco vascaíno viverão tal experiência pela primeira vez, que aumenta ainda mais a expectativa pela partida. É o caso de Fellipe Bastos, de 20 anos, e de Diogo, de 18.

AE, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 19h45

"Não estou nervoso. Estou é muito ansioso. Quero entrar com o pé direito e começar já vencendo um clássico importante como esse. Tem esse frio na barriga, mas quando der o primeiro toque na bola, isso passa", disse Fellipe, que já se firmou no meio-campo vascaíno, impondo-se com a constante ausência de Carlos Alberto.

A situação de Diogo é ainda mais excitante. O jovem lateral fará não apenas sua estreia no clássico dos milhões, mas sua estreia no time profissional. Ele vinha atuando no sub-23 e ganhou a oportunidade na lateral-esquerda com as lesões de Ramon, Max e a suspensão de Carlinhos.

"Comigo não tem idade, não tem nome. Se chegar dentro do grupo e tiver o brilho no olhar para vencer, vai ter a oportunidade. O Diogo foi posto em dois jogos na sub-23 e foi muito bem. Isso nos dá muita confiança de dar-lhe uma oportunidade", elogiou o técnico Paulo Cesar Gusmão.

Sem mistérios para o jogo, PC definiu o time no coletivo desta sexta-feira com: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Cesinha e Diogo (Ernani); Rafael Carioca, Rômulo, Fellipe Bastos e Felipe; Zé Roberto e Eder Luís.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.