Vasco: 3 desfalques na Copa do Brasil

O alívio em São Januário depois da vitória no clássico contra o Fluminense, domingo, no Maracanã, pode ir embora nesta quarta-feira, caso o Vasco não se classifique à segunda fase da Copa do Brasil. E a tarefa, aparentemente, não parece ser tão difícil. Basta o time carioca empatar por até 1 a 1 contra o União Rondonópolis, em São Januário, às 20h30. Se a partida terminar em 2 a 2 - mesmo resultado do jogo de ida, no Mato Grosso -, a vaga será decidida nas cobranças de pênaltis.Mesmo com a cabeça dividida entre o beach soccer (onde participa até domingo das Eliminatórias da Copa do Mundo, na praia do Leme) e o de campo, Romário foi confirmado ao lado de Alex Dias. Aos 39 anos, ele é a principal estrela, além da maior esperança de gols, do elenco vascaíno."Romário é um dos melhores jogadores do mundo. Ele é tetracampeão, um artilheiro nato e jamais vou esquecer de ter jogado ao lado dele" declarou Alex Dias, feliz e, ao mesmo tempo, emocionado pelo elogios do ídolo sobre o seu futebol - na segunda-feira, Romário declarou que ele é um dos melhores parceiros de ataque com quem já jogou.Apesar da presença do experiente artilheiro, o Vasco terá três desfalques: Coutinho, com tendinite no joelho esquerdo, Ygor, torceu o tornozelo esquerdo e Thiago Maciel, com dores musculares. A única dúvida do treinador é definir quem vai substituir Ygor. Júnior e Rubens disputam a vaga. Claudemir, na lateral-direita, e Gomes, na função de volante, vão iniciar o jogo.Mesmo com os desfalques, o técnico Joel Santana disse que o Vasco tem a obrigação de vencer o jogo para manter o clima de tranqüilidade em São Januário. Ele não quer que a equipe recue depois de abrir vantagem no marcador, a exemplo do que ocorreu no clássico contra o Fluminense.Na ocasião, quase cedeu o empate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.