Vasco aceita e Vila Nova leva jogo da Série B para o Mané Garrincha

A oportunidade de enfrentar o Vasco, único clube dos considerados 12 maiores do País a jogar a Série B, oferece às equipes menores a oportunidade de fazer renda. O Vila Nova, recém-promovido da Série C, é o primeiro a abrir mão de jogar diante de sua torcida, em Goiânia, e vai receber os cariocas no Mané Garrincha, em Brasília.

Estadão Conteúdo

16 de maio de 2016 | 19h43

Pelo que explicou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a alteração contou com concordância das federações de Goiás e do Rio de Janeiro e também do próprio Vasco. Atuar em Brasília, afinal, deve permitir à equipe carioca jogar como mandante, com maior torcida que o próprio Vila Nova.

A partida, dia 24 de maio, terça-feira, às 21h30, será válida pela terceira rodada da Série B do Brasileiro. Também não será surpresa se, pela quinta rodada, o Oeste, que é de Itápolis (SP), mas manda seus jogos em Osasco, optar por vender o mando de campo.

Neste ano, com o Maracanã cedido aos organizadores da Olimpíada, o Vasco já jogou duas vezes na Arena Amazônia (contra Flamengo e Fluminense), uma em Cariacica (diante do Boavista) e uma no Mané Garrinha. Em Brasília, empatou em 1 a 1 com o rival rubro-negro, pelo Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.