Vasco acredita na classificação para a final da Copa do Brasil

Técnico Antônio Lopes deve colocar em campo um time ousado para tentar vencer o Sport, em São Januário

Sílvio Barsetti, O Estado de S. Paulo

28 de maio de 2008 | 10h00

O Vasco será ofensivo e tentará vencer o Sport na noite desta quarta-feira, a partir das 21h50, em São Januário, com um time ousado: além da dupla de ataque formada por Edmundo e Leandro Amaral, o técnico Antônio Lopes resolveu escalar Alex Teixeira e Morais como armadores. Ele ainda contará com o volante Leandro Bonfim, muito mais eficiente na saída do meio para o ataque e que vai ter a função de se aproximar dos homens de frente para buscar tabelas. Como perdeu no jogo de ida pela semifinal da Copa do Brasil por 2 a 0, o Vasco precisa ganhar por diferença mínima de três gols para se classificar à final da competição. No treino de segunda, Alex Teixeira se saiu muito bem e convenceu Lopes de que deveria ter mais uma oportunidade na equipe.Os cuidados com a defesa, porém, não ficaram em segundo plano. Lopes quer o apoio ao ataque dos laterais Wagner Diniz e Pablo desde que haja sincronia. Quando um se adiantar, o outro deve ficar na retaguarda para ajudar a neutralizar os contra-ataques do Sport. Se o time de Pernambuco marcar um gol, vai obrigar o Vasco a fazer quatro para chegar à final do torneio."Vou montar a equipe com duas linhas de quatro. Temos de atacar para conseguir o maior número possível de gols e obter a classificação. Mas não iremos para o tudo ou nada. O jogo vai ser complicado e a afobação em busca dos gols não está em nosso plano", disse Lopes, que pediu paciência aos vascaínos. "Se o primeiro gol demorar a sair, os jogadores vão precisar de mais incentivo ainda. Tenho certeza que a torcida compreenderá e nos ajudará o tempo todo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.