Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Vasco anuncia que Fernando Diniz não permanece em 2022 e técnico sai imediatamente

Além do treinador, Alexandre Pássaro, Diretor Executivo de Futebol, também deixa o cargo

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2021 | 19h42

O Vasco anunciou, nesta quinta-feira, que Fernando Diniz não terá continuidade em seu trabalho em 2022. Além do comandante, Alexandre Pássaro, então Diretor Executivo de Futebol, também não permanecerá no clube cruzmaltino. A decisão tem caráter imediato.

O time carioca chega a essa decisão um dia após perder por 3 a 0 para o Vitória em pleno estádio São Januário, no Rio de Janeiro, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O resultado foi o quinto jogo sem triunfo, sendo a quarta derrota consecutiva do Vasco, que não marca gols há três partidas.

O anúncio foi feito pelo próprio site oficial do Vasco. Segundo o comunicado, haverá uma reestruturação em todo o Departamento de Futebol. Também teve agradecimentos a Pássaro por ajudar na estruturação da saúde financeira do clube. Diniz comandou o Vasco por 12 jogos, com quatro vitórias, três empates e cinco derrotas. Foram 12 gols marcados e 18 sofridos. Ainda neste ano, foi o técnico do Santos.

Com 47 pontos na 9ª colocação, o acesso à elite do futebol brasileiro está cada vez mais distante. Diniz e Pássaro já não estarão à frente do time nesta segunda-feira, quando o Vasco encara o Vila Nova fora de casa.

Confira, abaixo, o comunicado oficial do Vasco:

O Club de Regatas Vasco da Gama informa que iniciou, nesta quinta-feira (11/11), as primeiras ações em vistas da reestruturação do Departamento de Futebol para a temporada 2022.

Alexandre Pássaro não exerce mais a função de Diretor Executivo de Futebol do Clube a partir desta data. Além do Executivo, o técnico Fernando Diniz também se desliga de suas funções no Cruzmaltino de forma imediata.

O Vasco da Gama atuará nos próximos três jogos do Campeonato Brasileiro com sua comissão permanente, liderada pelo assistente técnico Fábio Cortez. O Clube vai ao mercado para recompor sua equipe técnica do Departamento de Futebol.

Nos pouco mais de dez meses em que esteve à frente do Futebol, Pássaro atuou de forma profissional e reestruturou inteiramente o Departamento, estabelecendo processos fundamentais para sua modernização e contribuindo para o aumento da saúde financeira do Clube.

O Vasco da Gama agradece profundamente todo empenho e dedicação de Alexandre Pássaro e Fernando Diniz ao longo do período em que vestiram a camisa cruzmaltina, reconhecendo a importância de ambos no processo de reconstrução do Clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.