Divulgação/ Vasco
Divulgação/ Vasco

Vasco anuncia retorno de fornecedora de material esportivo

Clube carioca retoma parceria com a empresa italiana Kappa, que já havia fornecido para o time entre 1996 e 2001

Redação, Estadao Conteudo

21 de fevereiro de 2020 | 15h33

O Vasco anunciou nesta sexta-feira o retorno da Kappa como sua fornecedora de material esportivo. A retomada da parceria com a empresa italiana, que já havia fornecido para o time carioca entre 1996 e 2001, terá início em maio e terá duração até abril de 2022, com opção de renovação.

"É uma satisfação enorme para o Vasco da Gama ter novamente a Kappa como fornecedora do material esportivo do clube. Trata-se de uma marca que habita a memória afetiva de todo vascaíno. A empresa fez parte de uma das épocas mais vitoriosas de nossa história, produzindo os uniformes de verdadeiros timaços que os torcedores terão para sempre na lembrança. Não tenho dúvida de que tanto o Vasco quanto a Kappa ganham muito com essa parceria", disse Alexandre Campello, presidente do Vasco.

Na primeira passagem da fornecedora, o Vasco conquistou títulos importantes em sua história, como dois troféus do Campeonato Brasileiro, em 1997 e 2000, o Campeonato Carioca de 1998, o Torneio Rio-São Paulo de 1999, a Copa Mercosul de 2000 e a Copa Libertadores de 1998.

A empresa também exaltou a retomada da parceria com o clube carioca. "Para nós é um orgulho voltar ao Vasco da Gama. Nossa primeira passagem ficou marcada por um período muito fértil de títulos para o clube, e tenho certeza de que essa lembrança ainda é muito viva para os vascaínos. Esperamos que esse retorno traga a mesma felicidade para os milhões de cruzmaltinos espalhados pelo mundo", declarou o diretor de patrocínios esportivos da Kappa, André Giglio.

Com atuação internacional, a Kappa é fornecedora de times como o Napoli (Itália), Monaco (França), Betis (Espanha), Aston Villa (Inglaterra) e Velez Sarsfield (Argentina).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.