Divulgação
Divulgação

Vasco aposta na 'garotada' para compensar desfalques

Com seguidas baixas, o técnico Gaúcho aposta na base do clube para definir time contra Coritiba

AE, Agência Estado

16 de novembro de 2012 | 20h05

RIO DE JANEIRO - Efetivado esta semana no cargo, o técnico Gaúcho já terá nesta rodada um problema enfrentado por seus antecessores no Vasco, principalmente Cristóvão Borges: os muitos desfalques. Por conta de seguidas baixas, o treinador terá que recorrer à base para definir o time que enfrentará o Coritiba, neste sábado.

Assim, terá de escalar os jovens Marlone, de 20 anos, Jhon Cley, de 18, e Romário, de 20, que vai entrar como titular pela primeira vez desde que se tornou profissional. Antes, o atacante havia participado apenas de uma partida: o empate com o Cruzeiro, por 1 a 1, em Varginha.

"O Vasco conta com jovens valores que poderão ter a honra de começar uma partida como titular do time profissional. Conheço muitos aqui há muito tempo. Vamos fazer de tudo para fazer uma boa partida", projetou o treinador.

Neste sábado, Gaúcho não poderá contar com o zagueiro Douglas e os meias Felipe e Juninho Pernambucano, suspensos, e também os lesionados Dedé, Eduardo Costa, Carlos Alberto, Eder Luis e Alecsandro. A última baixa foi confirmada nesta sexta-feira. O equatoriano Carlos Tenorio voltou a reclamar de dores no quadril e foi vetado.

Com estas baixas, o Vasco entrará em campo no Couto Pereira escalado com: Fernando Prass; Jonas, Renato Silva, Fabrício e Thiago Feltri; Nilton, Wendel, Fellipe Bastos, Marlone e Jhon Cley; Romário.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascodesfalques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.