Vasco arranca empate no final com Atlético Paranaense

Equipes ficam no 2 a 2 em São Januário e continuam na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

Agencia Estado

30 de outubro de 2008 | 23h05

O Vasco arrancou um empate, por 2 a 2, em São Januário, com o Atlético-PR, com um belo gol de Madson aos 42 minutos do segundo tempo, nesta quinta-feira. O resultado, ruim para ambos, deixa as duas equipes na zona de rebaixamento. O Vasco chegou aos 31 pontos e permanece em penúltimo lugar. O Atlético-PR somou 32 e está uma posição acima, em 18.º.Veja também:Santos fica no 1 a 1 contra o Sport na Ilha do Retiro Brasileirão Série A - Classificação Brasileirão Série A - Resultados/CalendárioDê seu palpite no Bolão Vip do Limão O Vasco tentava pressionar no começo de jogo, mas errava muitos passes e sequer conseguia finalizar a gol. O Atlético-PR era a equipe mais equilibrada em campo e levava perigo. Pedro Oldoni perdeu gol feito aos 14 minutos, quando cabeceou para fora, livre, na pequena área.Mas, aos poucos, os donos da casa acalmaram os nervos e nivelaram a partida, chegando constantemente à área adversária em jogadas rápidas pela direita com Mádson. Logo depois de Pedro Oldoni parar em uma grande defesa de Rafael, aos 20 minutos, o Vasco chegaria a seu gol. Mateus recebeu lançamento bonito de Edmundo, que passou para Valmir, livre, apenas tocar de leve e abrir o marcador.A partir daí, os cruzmaltinos passaram a dominar amplamente e desperdiçaram outras boas oportunidades de ampliar. O duro castigo veio quatro minutos depois. Depois de cobrança de escanteio e bate-rebate dentro da área vascaína, Júlio dos Santos tocou para as redes e empatou.O Vasco tentou mostrar que não se abalara com o baque e voltou firme, pressionando o Atlético-PR em seu campo, mas continuava com dificuldades em finalizar a gol com perigo. Mas eis que, em rápido contra-ataque, os visitantes viraram. Pedro Oldoni avançou pela direita e chutou forte e rasteiro. Rafael, desta vez, não conseguiu segurar.Na base do desespero, os vascaínos tentavam manter a pressão, aproveitando o campo dado pelos atleticanos. Mas não conseguiam invadir a área e passaram a arriscar os chutes de longa distância. Baiano quase marcou um golaço da intermediária, aos 26. Foi a receita do empate. Madson, o mais valente em campo, tirou da cartola um chute de muito longe, sem defesa para Galatto. Um golaço, aos 42 minutos.Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Fluminense, no clássico carioca, no Maracanã, no domingo. No mesmo dia, o Atlético-PR receberá o Sport, na Arena da Baixada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.