Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Vasco bate Ceará pelo Brasileirão e dedica vitória ao técnico Ricardo Gomes

Os jogadores vascaínos honraram a promessa e mostraram disposição na vitória por 3 a 1

AE, Agência Estado

31 de agosto de 2011 | 20h04

RIO - As boas notícias recebidas ao longo do dia sobre a recuperação do técnico Ricardo Gomes tranquilizaram e animaram o time do Vasco para o jogo desta quarta-feira, contra o Ceará, em São Januário, no Rio. Assim, os jogadores vascaínos honraram a promessa e mostraram disposição na vitória por 3 a 1, dedicada ao treinador, que foi, inclusive, lembrado com uma oração de todos os 22 atletas, dentro de campo, antes de a bola rolar.

Ricardo Gomes sofreu um Acidente Vascular Encefálico (AVE) no último domingo, durante o clássico com o Flamengo no Engenhão, e está hospitalizado em estado grave. Nesta quarta-feira, no entanto, mostrou bons sinais de recuperação. Sem ele, o Vasco jogou sob o comando do técnico interino Cristóvão Borges. "Foi uma semana difícil por tudo o que aconteceu com o Ricardo. Dedicamos essa vitória para ele e vamos lutar pelo título até o fim por causa dele", comemorou Fellipe Bastos.

A vitória desta quarta-feira leva o time carioca aos 38 pontos no Campeonato Brasileiro, apenas dois atrás do líder Corinthians, que ganhou do Grêmio no Pacaembu. Enquanto isso, o Ceará permanece com os mesmos 25 pontos, mais perto da zona de rebaixamento.

 

Dentro de campo, o Vasco mostrou que não se deixaria abalar pelo drama de Ricardo Gomes. Antes dos cinco minutos de jogo, o atacante Eder Luís acertou a trave direita da meta de Diego, que evitou o gol logo em seguida, após cabeçada do também atacante Alecsandro.

Mas, depois desse bom início vascaíno, o jogo ficou mais equilibrado. Mesmo assim, as melhores chances continuaram sendo do Vasco. Aos 28 minutos, Eder Luís fez fila na zaga cearense, mas pecou na finalização. No rebote, Alecsandro foi parado novamente pela defesa de Diego novamente. Aos 34, outra estocada de Eder Luís, mas Alecsandro e Diego Souza não conseguiram finalizar.

Para o segundo tempo, Eder Luís manteve as boas jogadas, mas foi ajudado desta vez por Elton, que entrou no lugar de Alecsandro e prontamente marcou dois gols. O primeiro veio aos seis minutos, quando Eder Luís driblou dois adversários e Elton escorou como um centroavante deve fazer. Dez minutos depois, um contra-ataque rápido puxado por Diego Souza terminou com a finalização de Eder Luís: 2 a 0.

O goleiro vascaíno Fernando Prass, no entanto, tentou recolocar o Ceará no jogo. Ele tentou driblar Osvaldo e perdeu a bola, sobrando para Washington diminuir para os visitantes aos 18 minutos. Mas o Vasco respondeu na saída de bola e Elton mais uma vez fez o trabalho de finalizador, escorando passe de Fellipe Bastos aos 20 e fechando a vitória do Vasco.

FICHA TÉCNICA:

Vasco 3 x 1 Ceará

Vasco - Fernando Prass; Allan, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano (Fellipe Bastos) e Diego Souza (Bernardo); Eder Luís e Alecsandro (Elton). Técnico - Cristóvão Borges (interino).

Ceará - Diego; Patrick (Felipe Azevedo), Erivélton, Fabrício e Vicente; Michel (Edmílson), Heleno, Eusébio e Thiago Humberto; Osvaldo e Marcelo Nicácio (Washington). Técnico - Vagner Mancini.

Gols - Elton, aos 6 e aos 20, Eder Luís, aos 16, e Washington, aos 18 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Emerson de Almeida Ferreira (MG).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio de São Januário, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.