Pedro Vilela/Agência I7
Pedro Vilela/Agência I7

Vasco busca a reação para se manter vivo no Brasileirão

Vaco jogará contra o Coritiba nesta quinta-feira, às 21h, em São Januário

LEONARDO MAIA, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 08h25

RIO - A derrota por 1 a 0 para o Atlético Mineiro, no último domingo, interrompeu uma série de nove jogos de invencibilidade do Vasco. Na realidade, o ritmo cruzmaltino já havia caído nas últimas rodadas, quando venceu apenas uma partida - contra o Sport. Em confrontos contra adversários da metade superior da tabela de classificação, neste período, os vascaínos somaram apenas dois pontos em nove possíveis. Diante disso, existe um certo ar de tensão antes do jogo desta quinta-feira contra o Coritiba, às 21 horas, em São Januário.

Os paranaenses fazem péssima campanha no Campeonato Brasileiro, ocupando as últimas colocações. Vencer em casa tal oponente é fundamental para um time que luta pela liderança da competição. "Nós vivemos sob pressão e todos aqui estão acostumados com isso. Claro que ninguém deseja essa situação, então vamos buscar a vitória", disse o técnico Cristóvão Borges.

"Vamos disputar os próximos três jogos no Rio (clássicos contra Flamengo e Fluminense para fechar o turno) e, pelos nossos objetivos na competição, precisamos vencer", decretou o goleiro Fernando Prass.

O treinador cruzmaltino tem dois desfalques importantes que diminuem as suas alternativas ofensivas para o jogo. O atacante Eder Luís e seu reserva Carlos Tenório foram vetados com problemas musculares. As opções de Borges são Felipe e William Barbio.

Outra ausência é o zagueiro Dedé, que defendeu a seleção brasileira em amistoso contra a Suécia, nesta quarta. Seu substituto será Fabrício. "Espero uma dinâmica de jogo maior por ter participado contra o Corinthians (dia 5 de agosto) e quero contribuir para irmos bem de novo", comentou Fabrício.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.