Vasco da Gama faz 6 no Comercial-MS e avança na Copa do Brasil

Esta goleada é a segunda, em três jogos, do Vasco da Gama sob o comando de Ricardo Gomes

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2011 | 00h21

O Vasco não teve dificuldades para vencer com facilidade o Comercial-MS por 6 a 1, na noite desta quarta-feira, em Campo Grande, e garantir assim a vaga para a segunda fase daCopa do Brasil sem a necessidade do jogo de volta. Com 25 minutos de partida, o Vasco praticamente já havia decidido a classificação - vencia por 3 a 0 e não deixava o adversário nem esboçar reação.

A equipe dirigida por Ricardo Gomes vai enfrentar em março o Barras-PI ou o ABC, na sequência da competição. Com os seis gols desta quarta, o time chega a 15 marcados nos últimos dois jogos, uma média história de 7,5 por partida.

Aos 2 minutos de jogo, Fellipe Bastos, de falta, abriu o placar e silenciou a torcida do Comercial, que foi em bom número ao Morenão. Marcel, de pênalti, ampliou aos 16 e fez o terceiro aos 24 minutos, após cruzamento na medida de Ramon. Ainda no primeiro tempo, o Vasco chegaria ao quarto gol, marcado por Jeférson, que ficou diante do goleiro depois de um passe perfeito de Felipe.

Para o segundo tempo, o time carioca não diminuiu o ritmo. Numa falha de Andresão, Éder Luís fez 5 a 0. O Vasco dominava totalmente o Comercial, que marcou o gol de honra em pênalti cobrado por Anderson. Quem imaginava que o gol do time da casa poderia significar uma reação mudou de ideia logo em seguida, quando Rômulo, de cabeça completou a goleada.

Comercial-MS - - Rodolfo; Robinho, Kanu, Andresão e Amaral; Claudão, Oliveira (Sergio), Wagner (Julio Cesar) e Anderson; Thiago Martins (Aguiar) e Memé. Técnico - Amrarildo Carvalho.

Vasco - 6 - Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Ramon (Márcio Careca); Rômulo (Eduardo Costa), Fellipe Bastos, Felipe (Bernardo) e Jéferson; Marcel e Éder Luís. Técnico - Ricardo Gomes.

Gols - Fellipe Bastos, aos 2, Marcel, aos 16 e aos 24, e Jéferson, aos 45 minutos do primeiro tempo; Éder Luís, aos 15, Anderson, aos 18, e Rômulo, aos 21 do segundo tempo.

Cartões amarelos - Kanu, Sergio, Fernando Prass, Fagner e Márcio Careca.

Árbitro - Antônio Denival de Moraes (PR).

Local - Morenão, em Campo Grande. Público e renda - Não disponíveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.