Vasco da Gama joga pelo empate contra o Criciúma

Para a partida em Santa Catarina pela Copa do Brasil, técnico Antônio Lopes escala Jean na vaga de Alan Kardec

Redação,

22 de abril de 2008 | 19h40

Aos poucos, o recém-contratado técnico Antônio Lopes começa a implementar mudanças na escalação do Vasco. Para a partida decisiva desta quarta-feira, contra o Criciúma, a partir das 21h50, no Estádio Heriberto Hülse, pela Copa do Brasil, ele decidiu colocar o rápido Jean no lugar de Alan Kardec no ataque vascaíno. Veja também: Calendário e resultados Como venceu o primeiro jogo do confronto por 1 a 0, em São Januário, o Vasco tem a vantagem de jogar pelo empate nesta quarta-feira, em Criciúma, para ir às quartas-de-final da Copa do Brasil. Agora, com a entrada de Jean, Edmundo será avançado para uma posição mais próxima à área adversária. "O Edmundo jogará mais próximo ao gol, o que sempre assusta o adversário. Além de fazer gols, ajuda a segurar a marcação", explicou Antônio Lopes. A opção por Jean também revela um pouco da postura que o time terá em Criciúma. Com a vantagem do empate, o técnico CriciúmaZé Carlos; Reginaldo Araújo, Wescley, Cláudio Luiz e Uendel; Marcelo Rosa, Basílio, Jael e Valdeir (Emerson Ávila); Beto e Jean CoralTécnico: Leandro MachadoVascoTiago; Jorge Luiz, Eduardo e Vilson; Wagner Diniz, Jonílson, Leandro Bomfim, Morais e Calisto; Jean e EdmundoTécnico: Antônio LopesÁrbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)Estádio: Estádio Heriberto Hülse, em CriciúmaHorário: 21h50vascaíno quer mais velocidade para explorar contra-ataques e abrirá mão da presença de área de Alan Kardec, artilheiro do time na temporada, com nove gols. "Vamos jogar fechado. E não podemos levar um gol logo no início, porque assim eles vão crescer", admitiu o meia Morais. "A medida que forem arriscando mais, temos de encaixar um contra-ataque." Outra alteração entre os titulares será o retorno do volante Leandro Bomfim, que não participou da primeira partida contra o Criciúma por problemas musculares. "Bomfim é bom nas cobranças de falta e dá melhor movimentação à equipe", elogiou Antônio Lopes.  "Será uma partida muito complicada, onde precisaremos ser inteligentes. O fundamental é não levarmos gol", comentou o volante Jonílson, reafirmando o cuidado defensivo que o Vasco deve ter no jogo desta quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do BrasilVascoCriciúma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.