Marcelo Sadio/AE
Marcelo Sadio/AE

Vasco derrota Grêmio por 4 a 0 e assume a liderança

Equipe carioca soma agora 45 pontos e ultrapassa o Corinthians, que ainda joga neste domingo

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2011 | 20h09

Ser líder não bastava para os jogadores do Vasco. Era preciso dar uma demonstração de força. Força no sentido figurado, pois o que o time da Colina apresentou neste sábado, 17, em São Januário foi um desfile de futebol eficiente e de categoria. Com boas atuações de Diego Souza, Eder Luís e Fágner, o Vasco goleou o Grêmio por 4 a 0, chegou a 45 pontos, desbancou o Corinthians e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro.

A tabela também ganhou um novo vice-líder, já que o São Paulo goleou o Ceará pelos mesmos 4 a 0, no Morumbi, e chegou aos 44 pontos. Os dois times jogaram a pressão sobre o Corinthians, que precisa de uma vitória no clássico com o Santos, para recuperar a primeira colocação.

"É importante essa liderança nessa reta final do campeonato. Mas ainda faltam 14 jogos agora e tem muitas equipes lutando pelo título", comentou Diego Souza, autor de um dos quatro gols do Vasco neste sábado.

Vasco e Grêmio voltam a campo na próxima quinta-feira para a disputa da 25ª rodada. O time carioca enfrentará o Atlético-GO, novamente em casa, às 20h30, enquanto o Grêmio vai encarar o Botafogo no Olímpico.

O JOGO - O duelo começou quente e seguiu movimentando durante toda o primeiro tempo. Logo a quatro minutos, Eder Luís foi lançado por Fágner e rolou para Elton fazer um de seus típicos gols: lançou-se em direção a bola e desviou para as redes.

O Grêmio foi em busca do empate e ele poderia ter vindo quando Escudero foi lançado e derrubado por Dedé na área. O pênalti foi ignorado por Ricardo Marques Ribeiro. Erro duplo pois o zagueiro vascaíno mereceria o amarelo, o segundo no jogo, e deveria ter sido expulso.

O Vasco, que não tem nada com isso, manteve o ritmo e explorou as laterais, principalmente a "avenida" aberta por Júlio César na direita. Em roubada de bola no meio, Diego Souza foi lançado, deu lindo corte em Edcarlos e finalizou com força. A mão de Victor não teve força para impedir o gol, aos 34.

Qualquer chance de reação dos gremistas foi por água abaixo com sete minutos da segunda etapa. O oscilante Diego Souza, em dia aceso, fez belo lançamento para Fágner, sempre nas costas de Júlio César, cruzar e Eder Luís completar: 3 a 0. O quarto e último gol também surgiu pela direita.

Aos 16, foi a vez de Diego Souza passear por lá. A bola sobrou para Fágner, que chutou no canto. O resto foi festa da torcida, gritos de olé e de lembrança pelo técnico Ricardo Gomes, que está perto de ter alta do hospital, após sofrer um Acidente Vascular Encefálico há 20 dias.

Ficha Técnica:

Vasco 4 x 0 Grêmio

Vasco - Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Eduardo Costa, Rômulo, Fellipe Bastos e Diego Souza (Allan); Eder Luís (Leandro) e Elton (Bernardo). Técnico: Cristóvão Borges (interino).

Grêmio - Victor; Mário Fernandes, Saimon, Edcarlos e Júlio César; Fábi Rochemback, Fernando (Gabriel), Douglas (Adilson), Marquinhos e Escudero (Leandro); André Lima. Técnico: Celso Roth.

Gols - Elton, aos 4, e Diego Souza, aos 34 minutos do primeiro tempo. Eder Luís, aos 7, e Fagner, aos 16 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Dedé, Saimon, Júlio César.

Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.