Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Vasco deve ter formação ofensiva contra o Madureira pelo Carioca

Adilson Batista ensaia uma escalação ousada para não dar chances ao adversário

Ronald Lincoln Jr., Agência Estado

27 de fevereiro de 2014 | 07h05

RIO - O técnico Adilson Batista deve apostar em uma formação ofensiva do Vasco para o jogo contra o Madureira, nesta quinta-feira, às 16 horas, no estádio Conselheiro Galvão, pela 11.ª rodada do Campeonato Carioca. Com a contusão de Everton Costa e o resultado ruim da última rodada, o jovem atacante Thalles está cotado para ganhar uma oportunidade ao lado de Edmílson, apesar de terem características de jogo semelhantes.

Thalles tem se destacado entre os reservas vascaínos e até agora marcou três gols no Estadual. O comandante ainda não definiu o time que iniciará a partida, mas é provável que opte por essa formação com o intuito de aproveitar melhor as jogadas aéreas de ataque, pois o gramado do Madureira está em condições ruins e dificultaria lances rasteiros.

Outro desfalque do Vasco vai ser o volante Guiñazu. O jogador sofreu uma contusão na partida contra o Flamengo, há três rodadas, e ainda não se recuperou completamente. Seu substituto deve ser Pedro Ken. O atacante Everton Costa segue se recuperando de uma pancada sofrida no joelho direito, no jogo contra o Bangu, e também não atuará.

O Vasco ocupa a quarta colocação com 18 pontos e, em seguida, estão Nova Iguaçu e Botafogo, com 16 e 15, respectivamente - portanto, a vitória além de conceder três pontos é essencial para manter os vascaínos entre os quatro primeiros que se classificarão para as semifinais do Campeonato Carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato CariocaVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.