Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube

Vasco divulga camisa que exalta luta contra racismo e Sidão já treina

Modelo preto, que possui estilo retrô, foi apresentado pelo clube nesta segunda-feira

Redação, Estadão Conteúdo

29 de abril de 2019 | 21h09

Um dia após estrear no Campeonato Brasileiro com uma dura derrota por 4 a 1 para o Atlético Paranaense, o Vasco divulgou, nesta segunda-feira, a sua nova camisa no modelo preto, que possui estilo retrô e divulga campanha de combate ao racismo.

A barra da camisa possui mãos negra e branca se apertando, além da inscrição "a história mais bonita do futebol", que também foi utilizada no vídeo de divulgação da camisa. É uma referência ao pioneirismo do Vasco na inclusão de negros no futebol brasileiro, na década de 1920.

A gola da nova camisa do Vaco é polo, contém um botão e listras em branco e preto. "Sempre estivemos do lado certo da história. Preto é a cor da igualdade. Negra é a nossa resistência. Esta é a história mais bonita do futebol", escreveu o Vasco em seu perfil no Twitter.

A estreia da nova camisa do Vasco se dará na quarta-feira, às 21h30, quando o time vai receber o Atlético Mineiro, em São Januário, pela segunda rodada do Brasileirão, em busca da reabilitação.

Além de apresentar o novo uniforme, o Vasco também contou com outra novidade nesta segunda. Na reapresentação do elenco, o treinamento teve a presença do goleiro Sidão, que está sendo contratado junto ao Goiás, mas ainda não foi oficializado como reforço.

O Vasco tem o hoje lesionado Fernando Miguel como goleiro titular. As outras opções do elenco são Gabriel Félix e Alexander, que atuou na derrota para o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Tudo o que sabemos sobre:
Vascofutebolracismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.