Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Vasco divulga previsão de retorno dos lesionados Breno, Ramon e Kelvin

Clube tenta acabar com 'rumores' sobre a situação física dos atletas

O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2018 | 14h45

Ainda sem atuar nesta temporada, o zagueiro Breno, o lateral-esquerdo Ramon e o atacante Kelvin ganharam nesta terça-feira datas de previsão de retorno. O Vasco decidiu se manifestar sobre a situação destes jogadores "em decorrência de notícias e rumores que a cada momento surgem" sobre a condição física deles.

+ Lateral Henrique celebra permanência do técnico Zé Ricardo no Vasco

+ Zé Ricardo diz que conversa com família pesou em permanência no Vasco

A situação mais adiantada é a de Breno. O zagueiro sofreu uma lesão no menisco no ano passado e passou por cirurgia no dia 8 de novembro. Há três semanas, foi novamente avaliado e o departamento médico definiu a previsão de volta para o fim do mês que vem.

Já Ramon e Kelvin passam por recuperação mais longa. O lateral foi submetido a cirurgia no joelho para reparar uma ruptura de ligamento no dia 9 de novembro do ano passado, segue em recuperação e só deve retornar na primeira quinzena de junho.

Kelvin, por sua vez, completará mais de um ano afastado do futebol. Após uma lesão multiligamentar no joelho esquerdo, o atacante foi operado em 29 de junho do ano passado, atravessa longo processo de recuperação e só deverá atuar novamente no fim de julho.

O Vasco explicou ainda que o volante Marcelo Mattos, há longo período afastado por lesão, não tem previsão de volta. O clube fez questão de exaltar as próprias instalações e garantiu que "segue os protocolos, de padrão mundial, em relação à recuperação pós-operatória, de previsão de retorno do atleta à prática do futebol, de acordo com cada tipo de lesão operada".

Tudo o que sabemos sobre:
BrenoKelvinVascoMarcelo Mattos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.