Vasco diz ter mandado contra Juninho

A briga entre Vasco e o meia Juninho Pernambucano continua. Apesar de o Tribunal Superior do Trabalho (TST) já ter concedido uma liminar favorável para Juninho Pernambucano se desvincular do Vasco, o clube carioca diz ter conseguido um mandado de segurança, junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que impede o jogador de atuar por qualquer clube no Brasil e no exterior. Juninho já está treinando na sua nova equipe, o Olympique de Lyon, da França.De acordo com o vice-presidente Jurídico do Vasco, Paulo Reis, a homologação da decisão do TRT acontecerá na quinta-feira. O documento, segundo o vascaíno, também impediria o atleta de atuar pela seleção brasileira, durante a Copa América. ?O julgamento de nosso recurso foi interrompido, mas dos 13 votos possíveis já obtivemos sete a nosso favor?, festejou o dirigente.A advogada de Juninho Pernambucano, Gislane Nunes, disse que somente falará sobre o assunto, após tomar ciência da nova decisão do TRT. ?Não acredito nas palavras deste senhor. Por isso, vou amanhã para o Rio ver o que está acontecendo?, assegurou.

Agencia Estado,

28 de junho de 2001 | 20h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.