Vasco e Boca fazem duelo de favoritos

Um confronto entre dois dos grandes favoritos ao título da Copa Libertadores. Assim pode ser descrita a partida entre Vasco e Boca Juniors, nesta quarta-feira, às 15 horas, em São Januário, pelas quartas-de-final da competição sul-americana. O time argentino é o atual campeão da Libertadores, enquanto a equipe carioca tem a melhor campanha neste ano, com 100% de aproveitamento. E, nesse encontro, o Vasco não contará com a sua maior estrela, Romário, que ainda se recupera de contusão.Ao analisar a ausência de Romário, os treinadores dos dois times atribuem ?peso? diferente ao desfalque vascaíno. Para o brasileiro Joel Santana, o craque se impõe pelo seu "carisma e momento". "Quando se defrontam com ele, os adversários têm respeito", observou. O treinador do Boca, Carlos Bianchi, reconheceu a qualidade do atacante, mas minimiza a falta que ele fará ao Vasco. "O Boca foi campeão da Libertadores sem Palermo", comparou.Sem Romário, Joel aposta em Viola, que causou polêmica no fim de semana, ao ser expulso de campo por causa da comemoração de seu gol.Experiente, o atacante não se mostrou intimidado por substituir o ídolo da equipe. Prometeu tirar a camisa novamente, se fizer outro gol nesta partida. A dúvida de Joel é quem será o titular na lateral direita: Jorginho ou Paulo Miranda.O Boca, que treinou no campo do Fluminense nesta terça-feira, ainda não tem uma escalação definida porque Bianchi preferiu fazer mistério. "Eu tenho a escalação na minha cabeça, mas vou dizer amanhã", afirmou o treinador. Apesar de estar se recuperando de um resfriado, o meia Riquelme está confirmado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.