Vasco e Corinthians empatam por 1 a 1 no Maracanã

Vasco e Corinthians empataram por no 1 a 1 no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Maracanã. Um resultado que foi considerado bom pelos dois times - pelos corintianos pelo gol fora de casa, pelos vascaínos por não perder em casa, mas com um leve tom de lamentação.

MILTON PAZZI JR, Agencia Estado

28 de maio de 2009 | 00h13

Jogando fora de casa e entrosado, o Corinthians repetiu o futebol que tem lhe levado às fases decisivas dos torneios: marcação forte e contra-ataques rápidos, com bolas pelas laterais. Souza, bastante criticado, desta vez ajudou bastante roubando bolas no meio e correndo o tempo todo. O atacante, porém, não escapou dos seguidos erros nas finalizações.

Do outro lado estava o Vasco, empurrado pelos mais de 72 mil torcedores presentes no Maracanã. Sem mostrar o conjunto e a aplicação tática do Corinthians, o time de São Januário chegava na base da empolgação, e com perigo. Em dois momentos, ambos nos segundo tempo, Elton e Rodrigo Pimpão exigiram grandes defesas do goleiro Felipe.

O Corinthians, por sua vez, apostou no contra-ataque e marcou o primeiro gol da partida dessa forma aos 29 minutos do primeiro tempo. Jorge Henrique deu um ótimo passe para Dentinho, que entrou na diagonal na área, girou e - quase atrapalhado por Souza - conseguiu chutar rasteiro e fazer 1 a 0.

A pressão vascaína foi recompensada com um gol um tanto inusitado. Elton recebeu bola na área e tocou de calcanhar para Rodrigo Pimpão, que estava na marca do pênalti. Aos 19 minutos do segundo tempo, ele dominou e, quando ia chutar, o zagueiro William deu o carrinho e travou. O bola, porém, seguiu e entrou no gol, matando Felipe.

Ficha Técnica:

Vasco 1 x 1 Corinthians

Vasco - Fernando Prass; Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton (Mateus), Léo Lima e Jéferson (Enrico); Rodrigo Pimpão (Edgar) e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

Corinthians - Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Jorge Henrique (Morais), Souza (Otacílio Neto) e Dentinho (Boquita). Técnico: Mano Menezes.

Gols - Dentinho, aos 29 minutos do primeiro tempo. Rodrigo Pimpão, aos 18 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Heber Roberto Lopes (Fifa-PR).

Cartões amarelos - Vilson e Léo Lima (Vasco); Elias (Corinthians).

Renda - 1.369.000,00.

Público - 68.299 pagantes (72.183 no total).

Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilCorinthiansVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.