Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Vasco e Flamengo fazem mistério antes da semifinal do Carioca

Jogo inicia decisão de um dos finalistas do torneio estadual

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

12 de abril de 2015 | 06h33

Polêmico fora de campo, o clássico entre Vasco e Flamengo será de mistério até o início da partida, neste domingo, às 16 horas, no estádio do Maracanã, no Rio. Definido pelo presidente Eurico Miranda como "um campeonato à parte", o jogo que começa a decidir um dos finalistas do Campeonato Carioca fez com que os dois times escondessem as equipes que iniciarão o confronto semifinal.

Uma destas escondidas foi literal: o Vasco fechou todos os três treinos antes da partida. A ordem veio de Eurico Miranda, assim como fizera para o clássico do primeiro turno, vencido pelo Flamengo por 2 a 1. "Vamos colocar o que temos de melhor em campo. Vai ser uma equipe competitiva", limitou-se a dizer o técnico Doriva sobre a escalação.

"Não é questão de surpreender, é mais privacidade mesmo. Todos conhecem nossos jogadores e suas características, assim como conhecemos os do Flamengo. Mas estamos focados no nosso trabalho técnico e tático. É bom poder se expressar sem se preocupar com as notícias. Isso traz tranquilidade", considerou o técnico vascaíno.

A "equipe competitiva" citada por Doriva pode ter duas surpresas importantes em relação àquela que goleou o Volta Redonda no meio de semana. O zagueiro Rodrigo e o atacante Dagoberto, que estavam vetados pelos médicos do clube, podem ter condições de jogo.

No Flamengo, Vanderlei Luxemburgo poderá contar com os reforços de Arthur Maia, Everton, Canteros e Paulinho, recuperados de lesão. O técnico, porém, não quis confirmar a participação de nenhum deles. "Ainda vou decidir isso. Vou fechar um pouquinho o treinamento, tenho decisões importantes a serem tomadas. Tem muitos jogadores voltando de lesão, mas que não estão no ritmo ideal. Vamos ver o que é o melhor. Tenho que saber como equilibrar o time para poder jogar bem no próximo jogo também. Não posso gastar todas as fichas", disse. Bressan e Márcio Araújo, que cumpriram suspensão diante do Nova Iguaçu, devem ser escalados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.