Vasco e Fluminense empatam por 1 a 1 no Engenhão

Embora superior na maior parte do tempo, o Fluminense não passou de um empate por 1 a 1 com o Vasco no clássico disputado neste domingo, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Juninho Pernambucano e Rafael Moura, os melhores em campo, fizeram os gols. Com o resultado, o Vasco terminou a rodada em quarto lugar, com 34 pontos. Já o Fluminense, que obteve seu primeiro empate na competição, ficou em 9º.

SÍLVIO BARSETTI, Agência Estado

21 de agosto de 2011 | 20h34

Corrido e com lances vistosos, o jogo empolgou algumas vezes. O Vasco sentia falta de Felipe, vetado minutos antes da partida - o meia sente dores no joelho direito, vai ser submetido a uma artroscopia na segunda-feira e deve ficar fora do time por 30 dias. Em compensação, a ausência do armador deu vez a Juninho. Foi dele o gol do Vasco, em pênalti bem cobrado ainda no primeiro tempo.

O lance não teve contestação. Gum falhou e a bola sobrou para Alecsandro, que foi puxado por Márcio Rosário. Mas, pouco antes, o árbitro Marcelo Lima Henrique errou ao não marcar pênalti a favor do Fluminense. Na jogada, Fred chutou e Renato Silva impediu com o braço a passagem da bola dentro da área.

Talvez tenha sido a única participação efetiva de Fred durante toda a partida - ele não esteve no mesmo nível de Rafael Moura. O gol de empate do Fluminense surgiu após cruzamento de Carlinhos, que Rafael completou com estilo, de cabeça. O atacante levava perigo à zaga do Vasco e criou boas situações de gol.

Pelo lado do Vasco, Juninho organizava o time e também se destacava na proteção à defesa. Em uma conclusão de cabeça de Gum, a bola já superava Fernando Prass, quando, em cima da linha, Juninho evitou o gol.

Mas Juninho não pôde fazer nada na hora do empate de Rafael Moura. Aos 20 minutos do segundo tempo, ele foi substituído por Leandro. O Fluminense continuava melhor e pressionava. No final, Rafael Sóbis chutou forte e a bola bateu num colega de time, Lanzini, quando Prass mais uma vez já não teria como fazer a defesa.

"Nós reagimos, poderíamos ter vencido. Mas paciência. Não gostei. Lutamos até o fim para vencer", disse o técnico Abel Braga, que vive sob intensa pressão no Fluminense.

FICHA TÉCNICA:

Vasco 1 x 1 Fluminense

Vasco - Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Julinho (Eduardo Costa); Rômulo, Jumar, Juninho Pernambucano (Leandro) e Diego Souza; Éder Luís (Bernardo) e Alecsandro. Técnico - Ricardo Gomes.

Fluminense - Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Valencia, Marquinho (Rafael Sóbis) e Lanzini; Rafael Moura e Fred. Técnico - Abel Braga.

Gols - Juninho Pernambucano, aos 36 minutos do primeiro tempo; Rafael Moura, aos 16 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

Cartões amarelos - Juninho Pernambucano, Fagner, Leandro, Rômulo e Márcio Rosário.

Renda e público - indisponíveis.

Local - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVascoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.