Vasco e Fluminense fazem a primeira semifinal da Taça Rio

Equipe do técnico Renato Gaúcho é a favorita para chegar à final do segundo turno do Estadual do Rio

Sílvio Barsetti, O Estado de S. Paulo

11 de abril de 2008 | 19h42

O Campeonato Carioca de 2008, cujo regulamento privilegiou os quatro grandes da cidade, começa sua reta final neste sábado, com o clássico entre Vasco e Fluminense, às 18h30, no Maracanã, pela semifinal do segundo turno, a Taça Rio. Quem ganhar disputará a final do turno com o vencedor de Flamengo e Botafogo, o confronto de domingo. Com a decisão da Federação de Futebol do Rio de que Fluminense, Vasco, Flamengo e Botafogo não jogariam nenhuma partida na casa dos adversários, o campeonato virou um ‘quadrangular’ de luxo.Para as semifinais da Taça Guanabara se classificaram os mesmos quatro clubes. O Flamengo conquistou aquele turno. E, agora, a lógica se repete na Taça Rio. O Maracanã vai estar lotado esta noite para ver em campo um Fluminense reforçado e motivado pela boa campanha na Libertadores e que tentará superar o mais fraco dos quatro semifinalistas. O Vasco tem a seu favor o talento de Morais no meio-campo e o oportunismo de Edmundo e Allan Kardec no ataque. Mas é um time irregular, com uma defesa instável e alguns jogadores de qualidade técnica discutível.O Vasco teve um início de ano tumultuado, com a contratação de Romário para treinar a equipe. Ele não se curvou a uma determinação do presidente do clube, Eurico Miranda, para mudar o time e abandonou o trabalho. Alfredo Sampaio, então seu auxiliar, assumiu o cargo e logo nos primeiros dias de atividade criou mal-estar em São Januário, com críticas à preparação física da equipe e à excursão feita pelo clube em janeiro a Dubai. Eurico Miranda esperou um tropeço de Sampaio, na penúltima rodada da Taça Rio - derrota do Vasco para o Volta Redonda por 2 a 1 - e o substituiu por Antônio Lopes.  Vasco Tiago; Jorge Luiz, Eduardo Luiz e Luizão; Wagner Diniz, Jonílson, Leandro Bomfim, Morais e Pablo; Edmundo e Alan Kardec Técnico: Antônio Lopes  Fluminense Fernando Henrique; Gabriel, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior Cesar; Ygor, Arouca, Conca e Thiago Neves; Cícero e Washington (Alan) Técnico: Renato Gaúcho Árbitro: Gutemberg de Paula FonsecaEstádio: Maracanã, no Rio de JaneiroHorário: 18h30TV: SportvEm meio a esses distúrbios, o time se apresentou mal em vários jogos e na última rodada classificatória da Taça Rio não passou de um empate por 2 a 2 com os reservas do Flamengo. Para vencer o Fluminense, Lopes, em sua sexta passagem pelo Vasco, aposta na tradição. "Não há favoritismo e vai levar a melhor quem errar menos." Ele definiu barrar o lateral-esquerdo Calisto e deu vez ao jovem Pablo, de 19 anos.O Fluminense se preparou para ter um 2008 vitorioso, de olho, é verdade, mais na Libertadores do que em qualquer outra competição. Já garantiu vaga antecipada à segunda fase do torneio continental e agora quer chegar à final da Taça Rio com a força de um time compacto, com destaque para o zagueiro Thiago Silva, os meias Conca e Thiago Neves e o atacante Washington.O técnico Renato Gaúcho espera mais tricolores que vascaínos no Maracanã e reconheceu que a viagem no meio de semana para a Argentina - o Flu enfrentou o Arsenal, pela Libertadores - desgastou um pouco sua equipe. "O Vasco treinou a semana inteira, sem compromisso no meio de semana e isso é uma vantagem. Mas meu time vai se superar na garra; como se trata de um clássico, não tem mesmo nenhum favorito."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.