Vasco empata com Gama por 2 a 2 e Romário não marca gol

Romário bem que tentou ajudar o Vasco, mas sua equipe pelo menos escapou de um vexame ao empatar por 2 a 2 com o Gama, nesta quarta à noite, em Brasília, pelo jogo de ida deste confronto da Copa do Brasil. Ele não fez nenhum gol (segue, portanto, com 998), mas participou de um ao chutar a bola na trave que culminou com o gol de Fábio Braz.Com este panorama, Romário volta suas atenções para o jogo de domingo, o clássico contra o Flamengo, pelo Estadual do Rio, onde precisará marcar dois gols para alcançar a marca, da forma como sonha - principalmente pelo fato da partida estar marcada para o Estádio do Maracanã. Quanto ao Vasco, em relação ao duelo contra o Gama, basta um empate por até um gol para se classificar.Torcida pede, ele entra, mas não fazCom Romário no banco - ele só entraria se surgisse um pênalti ou se o Vasco estivesse perdendo no fim da partida, o jogo começou às 20h35 morno e truncado. Um público estimado de 35 mil pessoas, a maioria esmagadora do Vasco, compareceu ao estádio. Os portões foram abertos alguns minutos após o começo do jogo. No primeiro tempo e boa parte do segundo, o Gama esteve sempre mais ofensivo e chegou a estar com dois gols de vantagem. Envergonhado por ter uma torcida contra em casa e vindo de uma campanha fraca, com cinco derrotas consecutivas, o Gama não tinha muitas pretensões. Limitava-se no começo a dar balões depois de neutralizar os ataques do Vasco. Apesar da superioridade numérica vascaína - Ciro foi expulso aos 33 minutos do primeiro tempo -, o Gama saiu na frente. Aos seis minutos do segundo tempo, Valdeir surpreendeu Cássio com um chute despretensioso, com a bola batendo na trave direita antes de entrar. Aos 16, Neto Potiguar fez o segundo.Romário entrou em campo aos 11 minutos do segundo tempo e sua chance para marcar apareceu aos 33 minutos. Ele aproveitou uma bola na área e chutou, mas esta bateu na trave, após resvalar nas pontas dos dedos do goleiro Juninho. Fábio Braz aproveitou o rebote e marcou o primeiro gol vascaíno. O empate só veio no finalzinho do jogo. Aos 44 minutos, Bruno Meneguel, que substituiu Coutinho na etapa complementar, aproveitou um rebote quase debaixo da trave e só chutou para marcar o gol. GAMA 2 X 2 VASCOGama - Juninho, Ciro, Denis e Cleber Carioca; Márcio Goiano (Flávio Mineiro), Ricardo Araújo, Marcelo Uberaba, Valdeir e Rodrigo Ninja; Neto Potiguar (Índio) e André Borges (Jurandir). Técnico: Gilson Kleina.Vasco - Cássio, Thiago Maciel, Fábio Braz, Jorge Luiz e Sandro (Rubens Júnior); Amaral, Coutinho (Bruno Meneghel), Abedi e Renato; André Dias e Marcelinho (Romário). Técnico: Renato Gaúcho.Gols - Valdeir, aos 6, Neto Potiguar, aos 16, Fábio Braz, aos 33, e Abedi, aos 44 minutos do segundo tempo. Árbitro - Elvecio Zequetto (MS). Cartões amarelos - Coutinho, Amaral, Fábio Braz, Rubens Júnior, Márcio Goiano e Neto Potiguar. Cartão vermelho - Ciro. Público e renda - Não disponíveis. Estádio - Mané Garrincha, em Brasília (DF).Atualizado às 00h58 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.