Vasco empata com Goiás e complica situação de Lopes

Equipe de São Januário fica no 1 a 1 e se aproxima da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

AE, Agencia Estado

17 de julho de 2008 | 22h51

O Vasco quase sofreu mais um vexame em São Januário. Com um gol de cabeça do zagueiro Luizão já nos acréscimos, o time carioca empatou com o Goiás, por 1 a 1, nesta quinta-feira. No entanto, não há motivo para comemorar um ponto a mais na tabela.   Veja também:   Resultados e classificação Com o resultado, a equipe cruzmaltina permanece próxima da zona de descenso do Campeonato Brasileiro, com 15 pontos, 4 a mais que o adversário, que não saiu da área de rebaixamento. O técnico Antônio Lopes, do Vasco, corre risco de ser demitido.Diante da promessa da diretoria do Vasco de dispensar, em breve, alguns jogadores, o time carioca entrou em campo inseguro e pressionado. Resultado: a equipe se mostrou afobada em alguns momentos, errando muitos passes no primeiro tempo. Pecou também na hora de finalizar. No único lance de perigo do Vasco na etapa inicial, Alex Teixeira tabelou com Leandro Amaral, mas chutou em cima do goleiro Harlei. Já a zaga cruzmaltina manteve a regularidade: voltou a falhar feio. Após escanteio, um jogador do Goiás cabeceou, a bola desviou no ombro de Romerito e entrou: 1 a 0, aos 42 minutos. "Levamos mais um gol de bola parada. Assim fica difícil", criticou o atacante Jean, sem poupar os defensores. Chamado de burro pela torcida no intervalo e sob ameaça de demissão, o técnico Antônio Lopes esbravejou. "Outra indecisão (da zaga), outra falta de intenção", declarou o treinador, sem citar o nome de ninguém. Aos trancos e barrancos, o Vasco tentou encurralar o Goiás e, de tão exposto, quase sofreu mais gols. No entanto, na base da superação, a equipe carioca conseguiu o empate. Foi sofrido. Luizão marcou de cabeça aos 46 minutos do segundo tempo: 1 a 1. Não havia tempo para mais nada.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série AVascoGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.