Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Vasco empata com Macaé e continua sem vencer em 2014

Partida pela segunda rodada do Campeonato Carioca termina em 1 a 1

Ronald Lincoln Jr., Agência Estado

22 de janeiro de 2014 | 22h13

RIO - Em partida morna, o Vasco empatou com o Macaé por 1 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé, pela segunda rodada do Campeonato Carioca. O time do técnico Adilson Batista mais uma vez não se encontrou em campo e empatou de novo - na estreia, ficou no mesmo placar com o Boavista, em São Januário.

A partida começou bastante truncada. O Vasco teve dificuldades para trocar passes e transpor a marcação forte do Macaé, que optava por jogar em contra-ataques se aproveitando das subidas do lateral-esquerdo Marlon e investindo a maioria das jogadas de ataque por ali.

Em um destes lances, o rápido Marquinhos, do Macaé, fez grande jogada pela ponta, passou na velocidade pelo volante Guiñazu e cruzou para o atacante João Carlos, que, nas costas do zagueiro Luan, recebeu sozinho na pequena área e abriu o placar para o time da casa.

Em desvantagem, o Vasco começou a reagir. Felipe Bastos passou a se aproximar mais do ataque, o atacante Reginaldo voltou para ajudar na criação e, com isso, o time começou a jogar melhor. Aos 29 minutos, Felipe Bastos arriscou um chute da intermediaria, a bola resvalou no marcador, bateu no travessão e saiu pela linha de fundo. Ele mesmo bateu o escanteio na sequência, o goleiro Felipe Sanches se atrapalhou para afastar e a bola sobrou para o zagueiro Luan, que chutou para o gol, mas a zaga tirou em cima da linha.

O Vasco seguiu pressionando e, aos 39 minutos, conseguiu o empate. Reginaldo cruzou na área para William Barbio, que finalizou mal; a bola sobrou para Edmílson, que sozinho na pequena área, fez o gol.

Na segunda etapa, o Vasco começou tomando a iniciativa e logo aos dois minutos foi ajudado por Ernani, que cometeu uma falta mais violenta em Felipe Bastos, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Enquanto o Macaé se limitava à defesa, o time alvinegro investia nas jogadas de ataque com Willian Barbio pela ponta direita. Em uma destas, aos 24 minutos, colocou uma bola na trave.

Apesar da superioridade do Vasco na segunda etapa, nenhum dos dois times conseguiu criar jogadas com perigo efetivo de gol. A partida seguiu sem boas jogadas, com muitas faltas e terminou mesmo no empate por 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

MACAÉ 1 x 1 VASCO

MACAÉ - Felipe Sanchez; Daniel, Cléber Carioca, Filipe Machado e Marco Goiano; Gedeil, Marquinhos, Digão (Leozinho) e João Carlos (Danilo); Jean (Renan Silva) e Ernani. Técnico: Paulo Henrique Filho.

VASCO - Diogo Silva; André Rocha, Rodrigo, Luan e Marlon; Guiñazú, Fellipe Bastos (Bernardo) e Pedro Ken; William Barbio (Abuda), Reginaldo (Montoya) e Edmilson. Técnico: Adilson Batista.

GOLS - João Carlos, aos 18, e Edmílson, aos 39 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Filipe Machado, Gedeil, Marco Goiano e Daniel (Macaé); Montoya (Vasco).

CARTÕES VERMELHOS - Ernani (Macaé); Pedro Ken (Vasco).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães.

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 2.723 pagantes.

LOCAL - Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato CariocaMacaéVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.