Vasco empata com o Guarani: 1 a 1

Sem poder mostrar um futebol técnico, o Guarani demonstrou muita valentia para apenas empatar com o apático Vasco da Gama, por 1 a 1, neste domingo à tarde, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. O empate teve sabor de derrota para o time campineiro, que sofreu o gol aos 44 minutos do segundo tempo, marcado por Róbson Luiz. Mesmo assim, o Guarani saiu da lanterna e avançou uma posição, agora tendo 24 pontos. O Vasco, com 31 pontos, é o 16º colocado. Preocupados com o forte calor, os dois times começaram o jogo num ritmo lento, talvez dosando as energias. O Guarani usou o esquema 3-5-2 na esperança de vencer para fugir da lanterna e se tivesse um pouco mais de qualidade técnica não teria dificuldades para superar o tímido Vasco da Gama. Cada time criou apenas uma chance real no primeiro tempo. O Guarani, aos 25 minutos, com Valdir Papel, que após cobrança de falta de Douglas matou a bola no peito, aproveitando a falha de Fabiano, mas bateu com o pé errado, o direito, quando o chute de esquerda era o mais apropriado para aquele momento. O Vasco teve uma chance com Petkovic, em tarde pouco inspirada, que entrou na área pelo lado direito e bateu de esquerda, mas com pouca força e facilmente defendido por Jean. O segundo tempo começou bem para o time da casa, que desceu em contra-ataque. Sandro Hiroshi lançou Patrick pelo lado esquerdo, ele bateu forte e o goleiro Fábio rebateu para o "peixinho" de Valdir Papel. Guarani: 1 a 0, no primeiro minuto. O jogo ficou para o Guarani que passou a se defender e criar boas chances nos contra-golpes. A partir dos 25 minutos, o time campineiro caiu sensivelmente na parte física permitindo uma reação vascaína. Mesmo sem muita técnica, o Vasco dominou as ações do meio campo, acuando o Guarani. Mesmo assim não merecia chegar ao empate aos 44 minutos, quando Róbson Luiz pegou a bola na intermediária, pelo lado esquerdo, teve tempo de ajeitar e chutar forte no ângulo direito do goleiro Jean. Não havia tempo para mais nada. No próximo sábado, o Guarani vai enfrentar o São Paulo, no Morumbi, sem o zagueiro Carlinhos e o meia Patrick que receberam o terceiro cartão amarelo. O Vasco, domingo, tem pela frente o rival Fluminense, no Maracanã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.