Vasco empata e está fora da Mercosul

Em uma partida na qual desperdiçou várias oportunidades e teve três gols anulados, o Vasco empatou por 2 a 2 com o Boca Juniors, nesta terça-feira à noite, em Buenos Aires, e não tem mais chances de se classificar na Copa Mercosul. Com o resultado, faltando somente uma rodada para o fim da primeira etapa da competição, a equipe carioca tem apenas 5 pontos no Grupo A, atrás de Cerro Porteño, com 10, e Universidad Católica, com 9.Como precisava da vitória, o Vasco procurou atacar desde o início do confronto. Aos 3 minutos o meia Léo Lima marcou um gol para a equipe carioca, mas o juiz chileno Mário Sanchez considerou a jogada irregular, alegando impedimento, e anulou o lance. Léo Lima, além dos atacantes Léo Macaé e Euller, ainda desperdiçaram duas oportunidades de gols para o Vasco, que poderiam ter garantido a vitória no primeiro tempo. Enquanto os vascaínos não conseguiam converter em gols suas jogadas, o Boca Juniors, sem chances de classificação e com vários reservas na equipe, pouco criou e limitou-se a defender-se.No segundo tempo, o Boca Juniors conseguiu se organizar em campo e passou a criar jogadas ofensivas. Apesar da pressão argentina, o Vasco continuou atacando e, aos 18 minutos, o zagueiro Odvan marcou de cabeça o primeiro gol da equipe carioca. Antes, o juiz já havia anulado outro gol de Léo Lima, alegando impedimento. Os gols do Boca foram marcados em duas falhas da defesa do Vasco. Aos 34 minutos o goleiro Hélton saiu mal em uma cobrança de escanteio e o zagueiro Barbosa aproveitou o rebote e assinalou. Na nova saída do Vasco, o atacante Carreño roubou a bola e marcou o gol da virada argentina, num forte chute cruzado pela direita, aos 36 minutos. O Vasco ainda esboçou uma reação e o atacante Euller empatou a partida aos 38. Dois minutos depois, o juiz voltou a anular um gol da equipe carioca e em seguida não marcou um pênalti sobre Euller.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.