Vasco encara Coritiba ainda sonhando com Libertadores

Cariocas caíram de produção no fim do Brasileirão e agora precisam vencer para manter chances

Agência Estado

17 de novembro de 2012 | 09h33

RIO - Ainda que mínimas, o Vasco continua com chances de classificação para a Copa Libertadores de 2013. As seis derrotas seguidas e o empate na última rodada custaram ao time o G4, ocupado desde o início do campeonato e perdido justamente na reta final do Brasileirão. Depois da semana que teve como novidade a volta de Ricardo Gomes, agora como diretor técnico, o time carioca precisa da vitória contra o Coritiba, neste sábado, às 19h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, para continuar sonhando com a competição continental.

E outro resultado não interessa. Mesmo que o São Paulo (última equipe no G4) perca os últimos três jogos, a única chance do Vasco é se vencer todos os seus. Isso considerando ainda que, à frente dos vascaínos, estão os botafoguenses (há também o Corinthians, mas o clube paulista já está classificado para a competição continental).

Em jogo está também o orgulho dos jogadores. "Contra o Atlético Mineiro, mostramos que temos caráter. Mostramos que ninguém aqui está sacaneando o escudo do Vasco. E vai ser assim até o fim do campeonato", disse o volante Wendel, autor de um gol mal anulado pelo árbitro que poderia ter garantido a vitória do Vasco no empate com os mineiros, no último domingo.

Efetivado esta semana no cargo, o técnico Gaúcho terá um problema já enfrentado por seus antecessores, principalmente Cristóvão Borges: os muitos desfalques. Por isso, terá de escalar os jovens Marlone, de 20 anos, Jhon Cley, de 18, e Romário, de 20, que vai entrar como titular pela primeira vez desde que se tornou profissional. Antes, o atacante havia participado apenas de uma partida: o empate com o Cruzeiro por 1 a 1, em Varginha (MG).

O atacante equatoriano Carlos Tenorio foi o último desfalque confirmado. Além dele, estarão fora o zagueiro Douglas e os meias Felipe e Juninho Pernambucano, suspensos, e também os lesionados Dedé, Eduardo Costa, Carlos Alberto, Eder Luis e Alecsandro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVascoCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.