Arquivo/AE
Arquivo/AE

Vasco encara o Macaé em busca da liderança

Time de Dorival Júnior está classificado para as semifinais da Taça Rio; Carlos Alberto é novamente o desfalque

Fábio Lacerda, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 07h40

Classificado para as semifinais da Taça Rio, o Vasco ainda luta pela primeira posição do Grupo A com o Fluminense, ambos com 18 pontos. Por isso e para manter o bom entrosamento da equipe, o técnico Dorival Júnior desistiu de escalar um time misto contra o Macaé, nesta terça-feira, às 21h50, no Maracanã, para avaliar alguns jogadores que tiveram pouco tempo para mostrar serviço nesta temporada.

Veja também:

link Flamengo joga em Campos para obter classificação

tabela Classificação / Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Assim, o Vasco vai à campo com o que tem de melhor no momento para a partida válida pela sétima e penúltima rodada do segundo turno do Campeonato Carioca. Dorival Júnior, porém, não poderá contar com uma das peças centrais de seu esquema. Jéferson recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Volta Redonda e cumpre suspensão automática. O volante Nilton também é desfalque. Ele cumprirá a segunda partida de gancho por pena imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro.

Novamente sem Carlos Alberto, ainda recuperando-se de uma contusão muscular, o treinador cruzmaltino promove o retorno de Alex Teixeira à equipe titular. Sua função será criar as jogadas ofensivas para o ataque, que terá Rodrigo Pimpão. Do outro lado do campo, Dorival espera que o retorno de Fernando, que também cumpriu suspensão contra o Volta Redonda, volte a dar consistência à melhor defesa da competição.

Em terceiro lugar no Grupo B, o Macaé, com 10 pontos, ainda sonha em atingir a semifinal da Taça Rio, além de se garantir no Campeonato Brasileiro da Série D. Além de vencer o Vasco, precisa torcer contra Botafogo e Bangu, que somam o mesmo número de pontos.

Desfalcado do zagueiro André e do volante Léo Gonçalves, o técnico Dário Lourenço pediu para que os jogadores esqueçam as estatísticas e pensem somente na vitória sobre o Vasco, que não perde há dois meses. O técnico alterou a formação tática do 4-4-2 para o 3-6-1.

Único prata da casa da equipe, o meia-atacante Wallacer, que marcou gols contra Flamengo e Fluminense, espera que dessa vez o Macaé possa sair com os três pontos. "Não estou preocupado se vou ou não fazer gol no Vasco. O mais importante é sair com a vitória, pois praticamente nos garantiria na Série D do Brasileiro", disse o artilheiro da equipe com sete gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.