Vasco enfrenta o Atlético-PR e a desconfiança da torcida

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Vasco busca neste sábado, contra o Atlético-PR, em São Januário, uma vitória para dar início à reabilitação do time. No jogo que vai começar às 18h30, o técnico Paulo Cesar Gusmão espera ter a torcida como aliada. Os vascaínos, no entanto, estão desconfiados da equipe e vão cobrar uma boa atuação.

SÍLVIO BARSETTI, Agência Estado

17 de julho de 2010 | 08h27

"O torcedor apaixonado pelo Vasco ajuda a fazer a diferença. Vamos para o jogo com essa expectativa", disse Gusmão, que retorna a São Januário depois de nove anos.

Ele vai promover a estreia do atacante Nunes e não poderá contar com Ernani, Jefferson e Ramos, todos contundidos.

Enquanto não pode utilizar os reforços que terão de esperar pela "janela" de transferências em agosto, Gusmão vai apostar na juventude de alguns pratas da casa, como Romulo, Carlinhos e Jonathan.

A necessidade da vitória e a reformulação pela qual passa o time levaram o técnico a pedir paciência à torcida. "Não é novidade que estamos numa transição."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVascoAtlético-PR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.