Vasco esquece festa do título da Taça Rio

Menos de 24 horas depois de conquistar a Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, o time do Vasco voltou às atividades e treinou na manhã desta segunda-feira em São Januário. Tudo isso porque a equipe enfrenta o 15 de Novembro-RS na quarta, no Rio, pela segunda fase da Copa do Brasil.Na partida de ida, o Vasco foi ao Rio Grande do Sul para buscar um empate por 1 a 1. Partiu do técnico Geninho a ordem de evitar comemoração pelo título da Taça Rio. "O Flamengo não é assunto proibido, mas não se deve falar agora no clássico de domingo. Não podemos entrar no oba-oba da decisão do Carioca e correr o risco de ficar fora da Copa do Brasil", afirmou o treinador, certo de que o 15 de Novembro atuará numa forte retranca, tentando surpreender nos contra-ataques. O atacante Róbson Luiz, punido no jogo com o Fluminense, na última rodada, com o terceiro cartão amarelo, vai poder disputar o primeiro jogo da decisão contra o Flamengo. Isto graças a um artigo do regulamento da competição, que permite essa anistia para os dois jogos da grande final.Apesar disso, o meia Marcelinho, contundido, continuará de fora do Vasco. Ele garantiu que vai poder voltar ao time apenas no segundo jogo da decisão, no dia 18.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.