Rafael Ribeiro / Vasco da Gama
Rafael Ribeiro / Vasco da Gama

Vasco faz clássico decisivo contra o Botafogo para manter sonho de acesso na Série B

Marcado para às 16 deste domingo, duelo carioca coloca à frente duas equipes em fases distintas

Redação, Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2021 | 08h08

Na reta final da temporada, em situações distintas, Vasco e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 16 horas, em São Januário, no Rio de Janeiro, no encerramento da 34.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo deverá selar qual o objetivo de cada time nas últimas quatro partidas da competição.

O Botafogo vem numa sequência de cinco jogos sem derrota, com três vitórias e dois empates. Na última rodada, venceu o Confiança por 1 a 0, no estádio Engenhão, e chegou aos com 59 pontos. Está bem perto de voltar à elite.

Já o Vasco não vence há três partidas, com um empate e duas derrotas consecutivas. O cruzmaltino perdeu para CSA (3 a 1, em casa) e por último para o Guarani (1 a 0, fora de casa). Sequência que deixou o time com 47 pontos e, segundo os matemáticos, com apenas 1% de chances de ficar com o tão sonhado acesso à Série A de 2022. Para se manter vivo, precisa vencer o clássico.

Quanto aos times, o técnico Fernando Diniz mostrou abatimento após a derrota da última rodada, mas não jogou a toalha sobre o acesso. Ele manteve discurso otimista e já sabe o que o time terá que fazer para alcançar o objetivo da temporada. "Estas duas derrotas foram muito sentidas. Mas, enquanto tiver chance, nós vamos lutar por este acesso. No momento, precisamos de cinco vitórias e vamos tentar buscá-las", disse o treinador.

Para o confronto, Diniz não contará com o lateral-esquerdo Riquelme, suspenso pelo terceiro amarelo. Zeca deverá assumir o seu lugar e Léo Matos iniciar a partida no lado direito. No restante, a tendência é que o time não tenha novidades.

O Botafogo, cada vez mais próximo do acesso, novamente não contará com o meia Chay, vetado pelo departamento médico. Ele já não atuou na rodada passada, quando Luiz Henrique o substituiu. No restante, o time não deverá ter mudanças.

Titular com o técnico Enderson Moreira, o volante Pedro Castro falou com empolgação sobre o clássico e projetou vitória sobre o arquirrival carioca. "Agora temos um clássico, um confronto gigante. Clássico costuma ser um campeonato à parte, tem que ter atenção máxima. A gente sabe da qualidade do adversário, mas também nós sabemos da nossa e do que queremos. Espero que a gente possa fazer uma grande partida pra continuarmos focados no nosso principal objetivo na competição", assegurou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.