Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Vasco ganha da lanterna Portuguesa e assume 2º lugar

Time carioca faz 1 a 0 no Canindé com gol de Douglas em partida de nível técnico ruim que marcou o retorno do técnico Joel Santana

Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2014 | 00h05

O Vasco mais uma vez fez uma partida ruim, mas, no retorno do técnico Joel Santana à beira do gramado, o time derrotou a Portuguesa por 1 a 0, no estádio do Canindé, em São Paulo, nesta terça-feira, pela 28.ª rodada, emendou o nono jogo de invencibilidade e chegou à vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, agora com 51 pontos. Já a equipe paulista estacionou nos 21, na lanterna da competição, e está cada vez mais próxima do rebaixamento à Série C.

O time carioca teve dois desfalques. O goleiro Martin Silva foi convocado pela seleção uruguaia e cedeu lugar para Jordi, enquanto que Lucas Crispim ganhou uma vaga no ataque ao lado de Kleber, já que Thalles está a serviço da seleção brasileira sub-21. O goleiro teve boa atuação, enquanto que o atacante foi figura decorativa em campo - ele acabaria substituído no segundo tempo.

Mesmo assim, o Vasco foi uma equipe eficiente na frente. Contou para isso com os insistentes avanços de Marlon até a linha de fundo, pelo lado esquerdo, e com a boa movimentação de Kleber no meio do ataque. Douglas era outro que aparecia para concluir.

Foi o trio o responsável por abrir o marcador - mas com dois jogadores trocando posição. Aos 37 minutos do primeiro tempo, o atacante Kleber fez boa jogada no meio de campo e descobriu Marlon na linha de fundo. O lateral cruzou na segunda trave e Douglas, de cabeça, tirou do goleiro Rafael Santos.

A Portuguesa só decidiu atacar no segundo tempo, quando passou praticamente os cinco primeiros minutos no campo de ataque. Mas aí faltou qualidade, tanto para armar jogadas de perigo quanto para calibrar os chutes a gol.

Pelo lado do Vasco, a vitória parcial permitiu que o time mantivesse a cautela defensiva e tentasse explorar os contra-ataques. Mas os laterais subiram menos do que na etapa inicial e a dupla Maxi Rodriguez e Kleber não deu liga. As melhores chances acabaram vindo mesmo em lances de bola parada, mas o placar acabaria sendo mesmo aquele construído no primeiro tempo.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 0 x 1 VASCO

PORTUGUESA - Rafael Santos; Arnaldo, Mateus Alonso, André Astorga (Luciano Castán) e Jean Mota; Jocinei, Renan, Diogo Orlando e Allan Dias (Leo Costa); Jânio e Aldave (Gabriel Xavier). Técnico: Vagner Benazzi.

VASCO - Jordi; Diego Renan, Douglas Silva, Rodrigo e Marlon; Fabrício (Dakson), Guiñazu, Pedro Ken e Douglas (Jhon Cley); Lucas Crispim (Maxi Rodriguez) e Kleber. Técnico: Joel Santana.

GOL - Douglas, aos 37 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Mateus Alonso e Renan (Portuguesa); Douglas Silva e Guiñazu (Vasco).

ÁRBITRO - Arilson Bispo da Anunciação (BA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPortuguesaVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.