Vasco garante a permanência de Joel

Apesar do empate com o Madureira na estréia na Taça Rio, o técnico Joel Santana não corre risco de ser demitido do Vasco antes do clássico contra o Fluminense, domingo, no Maracanã. Quem garantiu a permanência do treinador foi o vice-presidente de futebol do clube, José Luiz Moreira, que se reuniu com o presidente Eurico Miranda após a partida de quinta-feira.José Luiz Moreira evitou detalhar quais temas foram abordados na conversa com o presidente. Mas ficou evidente que o objetivo foi avaliar o trabalho da comissão técnica e do elenco. Embora a insatisfação seja grande com o desempenho do time, Joel Santana, por enquanto, conta com o prestígio dos dirigentes.Entretanto, a pressão por mudanças no futebol do Vasco é grande. Nos bastidores de São Januário, comenta-se que mais um resultado negativo obrigará a diretoria a procurar outro treinador. Paulo César Gusmão, que já trabalhou no clube e atualmente comanda o Cabofriense, é um nome forte."O Joel Santana é técnico do Vasco. Ele vai preparar a equipe para o clássico de domingo. Fica até quando quiser. Não estou cogitando a troca de treinador", declarou José Luiz Moreira, que preferiu culpar a arbitragem pelo empate por 3 a 3 com o Madureira, em São Januário."O gol que o bandeirinha cancelou do Fabiano foi uma aberração. O mal está feito e o Vasco, prejudicado", disse o dirigente, alegando que a bola não saiu na cobrança do escanteio. Na seqüência do lance, o zagueiro Fabiano marcou de cabeça. Mas a jogada foi invalidada pelo árbitro.

Agencia Estado,

25 de fevereiro de 2005 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.