Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vasco goleia Botafogo por 4 a 0

Sem precisar demonstrar um bom futebol, mas contando com a habilidade de seus principais jogadores, o Vasco goleou o Botafogo, por 4 a 0, neste domingo à tarde, no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time de São Januário totalizou 8 pontos, enquanto o Alvinegro permaneceu com 4, sem vencer no Nacional e ainda ocupando a zona de rebaixamento da tabela de classificação. Desde o início da partida, o Vasco dominou o Botafogo, principalmente, se beneficiando dos erros do adversário. Os dois primeiros gols vascaínos, além de contar com as falhas defensivas do Alvinegro, foram criados a partir da habilidade dos jogadores de São Januário. Ambos os gols começaram com um belo lançamento do meio-de-campo. No primeiro, o chute de Petkovic encontrou o atacante Valdir livre pela direita na grande área. O artilheiro tocou a bola sobre o goleiro Jefferson e inaugurou o placar aos 22 minutos. Em seguida, aos 30 minutos, o lateral-direito Daniel fez um pênalti sobre Alex Alves, que recebeu havia recebido um lançamento de Robson Luiz. Dois minutos depois, Petkovic cobrou e aumentou a vantagem vascaína. Mesmo precisando reagir, o Botafogo permaneceu apático em campo e somente ameaçou o goleiro Fábio em duas cobranças de falta do zagueiro Sandro. A entrada do atacante Schwemck, no lugar de Almir, melhorou o desempenho do Botafogo no segundo tempo, mas não o suficiente para a equipe esboçar uma reação. Já o Vasco, com uma postura defensiva, ainda marcou mais dois gols. O zagueiro Sandro desviou a trajetória da bola com o braço e juiz Luiz Antonio Silva Santos marcou um novo pênalti para o Vasco. Petkovic cobrou no canto direito do goleiro Jefferson e fez o seu segundo gol na partida e o terceiro do Vasco, aos 19 minutos. O último gol vascaíno foi marcado por Valdir, que também já havia feito um, chutando forte de direita na entrada da pequena área, aos 41 minutos. O destaque do confronto foi o retorno do meia Marcelinho Carioca, que não atuava desde março, por causa de uma contusão. Ele entrou aos 30 minutos no lugar de Robson Luiz. A volta teve um ?sabor de despedida?, porque o meia está se transferindo para o futebol francês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.