Vasco goleia Madureira de virada com três gols de Romário

Com três gols de Romário, que agora está a cinco do milésimo, o Vasco venceu, de virada, o Madureira, por 4 a 1, neste domingo, em São Januário. Apesar da goleada, o placar não refletiu a má atuação vascaína na estréia da equipe na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.O fato de atuar em casa não ajudou ao Vasco que teve um péssimo desempenho no primeiro tempo. E, apesar de ter perdido o título da Taça Guanabara, na quinta-feira, o Madureira não demonstrou abatimento e muito menos se intimidou ante os vascaínos.E enquanto os vascaínos criaram somente uma oportunidade de gol na etapa inicial, o Madureira abusou das jogadas ofensivas. O meia Maicon, o atacante Zé Augusto, além dos atacantes Marcelo e Muriqui infernizaram a defesa do Vasco.Com tantas oportunidades, o Madureira conseguiu inaugurar o placar aos 34 minutos. Muriqui tabelou com Marcelo, que devolveu a bola com um passe de calcanhar, tocou por cima do goleiro Cássio e fez o primeiro gol. O goleiro vascaíno ainda salvou o time, seis minutos depois, aos defender um chute de Claudemir.Apesar do calor intenso, que obrigou o árbitro Djalma Beltrami paralisar a partida durante os primeiros 45 minutos, para os jogadores se hidratarem, o ritmo do confronto não diminuiu no segundo tempo.Só que a bronca do técnico Renato Gaúcho nos jogadores vascaínos e a postura defensiva adotada pelo treinador adversário Alfredo Sampaio favoreceram a melhora de desempenho dos donos da casa. Aos 12 minutos, o atacante Leandro Amaral empatou o confronto.A igualdade no marcador empolgou os jogadores vascaínos e principalmente Romário, que no intervalo do confronto chegou a cogitar deixar o time durante a etapa final. Aos 19 minutos, após um cruzamento do meia Abedi, o artilheiro marcou o segundo do Vasco, de cabeça.Os dois últimos gols vascaínos voltaram a demonstrar o oportunismo de Romário dentro da área. Aos 23 minutos, chutou forte, sem defesa para o goleiro Éverton. Nove minutos, o artilheiro sofreu pênalti e, ao cobrar a infração, marcou o último gol da vitória vascaína e o seu de número 995 na carreira.VASCO 4 x 1 MADUREIRA Vasco - Cássio; Wagner Diniz, Fábio Braz, Dudar e Sandro; Roberto Lopes (Abedi), Amaral, Morais (Renato) e Conca (Marcelinho); Leandro Amaral e Romário. Técnico: Renato Gaúcho.Madureira - Éverton; Claudemir, Léo Fortunato, Odvan e Amarildo; André Paulino, Djair, Maicon (Assunção) e Zé Augusto (Daniel); Muriqui e Marcelo. Técnico: Alfredo Sampaio. Gols - Muriqui, aos 34 minutos do primeiro tempo. Leandro Amaral, aos 12 minutos, Romário, aos 19, 23 e 32 minutos do segundo tempo. Árbitro - Djalma Beltrami. Cartão amarelo - Marcelo, Dudar, Odvan, Amaral, Fábio Braz e Éverton. Renda - R$ 14.180,00. Público - 1.261 torcedores pagantes. Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.