Vasco goleia mais uma e encosta nos líderes do Brasileiro

Time alvinegro faz 4 a 1 no Goiás e atinge ótima marca: Não perde em São januário há 18 jogos

Bruno Lousada, do Estadão,

28 de julho de 2007 | 20h35

O Vasco aproveitou mais uma vez o fato de atuar em casa e goleou neste sábado o Goiás, por 4 a 1. Com o resultado, a equipe carioca atingiu uma marca interessante: Não perde em São Januário há 18 partidas. De quebra, alcançou o adversário na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro - os dois somam 23 pontos.Veja também:  A classificação da Série AO time alvinegro teve um desfalque de última hora: o atacante colombiano Martin García está acertando sua saída do clube. Autor de três gols neste Brasileiro, ele negocia sua transferência para o futebol mexicano. Alan Kardec entrou em seu lugar. O jogo transcorreu debaixo de chuva, prejudicando a qualidade do espetáculo.O que mais se viu foram chutões, passes errados, muito contato físico e pouco futebol. No primeiro tempo, o Goiás só se defendeu. Parecia contente com o empate. O goleiro Harlei salvou a equipe visitante em duas oportunidades, mas falhou num lance crucial: Alan Kardec cabeceou fraco, mas Harlei não conseguiu segurar a bola molhada, que sobrou para o volante Amaral fazer 1 a 0, aos 41 minutos da etapa inicial.No retorno do intervalo, o técnico Paulo Bonamigo prometeu um Goiás mais ofensivo. Dito e feito. Com apenas um minuto, o lateral-esquerdo Diego empatou, de cabeça, a partida. Revelado no Vasco, ele não comemorou o gol. Abaixou a cabeça e foi abraçado pelos companheiros. O Vasco sentiu o golpe. Sua torcida também. Ela passou a vaiar a equipe e pedir raça. Gritou também o nome de Martín Garcia. E com razão: o time cruzmaltino não se encontrava em campo e tampouco atacava com perigo. O panorama mudou radicalmente com a expulsão do zagueiro Leonardo, do Goiás, aos 30.Logo em seguida, o zagueiro Vilson fez 2 a 1. Leandro Amaral também deixou sua marca. Para completar a festa, Alan Kardec balançou as redes: 4 a 1. A torcida, então, soltou o grito: "Não é mole não, em São Januário ninguém ganha do Vascão".VASCO 4 x 1 GOIÁSVasco - Silvio Luiz; Jorge Luiz, Julio Santos (Ernane) e Vílson   ; Wagner Diniz, Amaral    , Perdigão (Júnior), Conca e Rubens Júnior     (Guilherme); Leandro Amaral e Alan Kardec. Técnico - Celso Roth.Goiás - Harlei; Leonardo    , Amaral     e Paulo Henrique (André Leone); Paulo Baier, Cléber Gaúcho, Fábio Bahia,Élson (Vítor) e Diego; Felipe     e Fabrício Carvalho (Fábio). Técnico - Paulo Bonamigo.Gols - Amaral, aos 41 minutos do primeiro tempo. Diego, a 1 minuto; e Vilson, aos 34; Leandro Amaral, aos 36; Alan Kardec, aos 41 minutos do segundo tempo.Árbitro - Wilson Luiz Seneme (Fifa/SP).Renda e público - não disponíveis.Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série AVasco-RJGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.