Vasco goleia o Sport em dia de festa para Dinamite

Equipe carioca faz 4 a 0 em São Januário e sobe para o sétimo lugar na tabela do Campeonato Brasileiro

Leonardo Maia, O Estado de S. Paulo

10 de julho de 2008 | 23h07

Era um dia de festa em São Januário, nesta quinta-feira, com a torcida vascaína a celebrar o ídolo Roberto Dinamite em sua chegada à tribuna de honra do estádio, pela primeira vez como presidente do Vasco. E dentro de campo, Edmundo e Cia garantiram a celebração e a primeira vitória para o novo presidente: 4 a 0 sobre o Sport. Veja também:  Resultados e classificação do Campeonato Brasileiro   Os pernambucanos começaram surpreendendo e pressionando, com Fumagalli criando perigosas chances consecutivas, obrigando Tiago a importantes defesas. O Vasco chegou pela primeira vez apenas aos 18 minutos, quando Edmundo deixou Jean livre para marcar, mas o atacante errou o chute. Apesar de finalizar menos e das dificuldades de penetrar na área rubro-negra, o Vasco abriu o placar aos 35 minutos. Num contra-ataque rápido, Edmundo tentou Leandro Amaral, a bola sobrou para Morais, que tocou bonito por cima do goleiro Magrão. E aplausos de Dinamite, que elogiou o time na saída para o intervalo e falou aos jornalistas na tribuna. "É um novo tempo. Todos que respeitem o Vasco serão bem aceitos aqui em São Januário", disse o dirigente, que admitiu que o time negocia a contratação do zagueiro Roque Júnior. "Amanhã (sexta) vamos conversar com o Roque Júnior. O Lopes gosta muito do futebol dele". Na volta para o segundo tempo, o árbitro Antônio Hora Filho expulsou o técnico do Vasco, Antônio Lopes, e o preparador físico do Sport Eduardo Batista por uma discussão durante o intervalo. E, logo de início, o garoto Pablo resolveu dar a primeira vitória para a gestão Dinamite. Em jogada individual, deixou três adversários para trás e tocou na saída do goleiro Magrão, aos nove minutos. O triunfo foi selado pouco depois. Wágner Diniz invadiu a área pernambucana pela direita e tocou para Jean, livre, fazer 3 a 0, aos 22 minutos. Três minutos depois, Edmundo deixaria o seu para completar a festa. Depois de linda tabelinha com Leandro Amaral, o atacante tocou na saída de Magrão para marcar o quarto tento cruzmaltino. Com a bela vitória, a torcida se anima para o clássico de domingo contra o Flamengo, enquanto o Vasco sobe da 14.ª para a nona colocação.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoSport RecifeRoberto Dinamite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.