Vasco homenageia seleção e ganha elogios de Felipão

O Vasco recebeu a seleção brasileira em clima festivo em São Januário nesta sexta-feira, na preparação do time de Luiz Felipe Scolari para a final da Copa das Confederações, no Rio de Janeiro. Felipão chegou a ser homenageado pelo presidente Roberto Dinamite com presentes, no gramado, ao fim do treino.

AE, Agência Estado

28 de junho de 2013 | 20h09

"Hoje é um dia mais do que especial, receber a seleção do nosso País, com o Felipão, Neymar, Daniel Alves, pessoas que veem São Januário como um local especial", disse o dirigente vascaíno, que já está na expectativa pela final. "Agora fico na torcida e espero que o resultado aconteça no domingo".

Antes de desejar sorte a Felipão, Dinamite o presenteou com uma placa, uma camisa histórica, uma camisa atual e um relógio com os símbolos do clube. O treinador da seleção retribuiu com elogios à estrutura do Vasco.

"O gramado de São Januário está espetacular. Minha impressão hoje foi muito boa. Estive aqui diversas vezes, comandando outras equipes, mas o campo nunca esteve tão bom como está agora. Todos do Vasco estão de parabéns", afirmou Felipão.

"É uma alegria para todos nós da seleção estarmos em São Januário, a casa de um clube da grandeza do Vasco. Agradeço ao Roberto, que foi um grande artilheiro, um dos maiores jogadores da sua época".

Nesta sexta, os titulares da seleção fizeram um trabalho físico na academia e no gramado. Em clima descontraído, os reservas realizaram um treino de dois toques em campo reduzido. O time de Felipão é a quarta seleção a treinar em São Januário nesta Copa das Confederações. Antes, Espanha, Itália e México treinaram no estádio vascaíno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.