Vasco já pensa na estréia do Campeonato Brasileiro

Edmundo não deve enfrentar o Internacional; Leandro Amaral está confirmado após boa reestréia

Redação,

08 de maio de 2008 | 18h41

O Vasco não teve problemas para assustar a zebra Corinthians-AL, a quem derrotou por 5 a 1, na noite de quarta, pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. Mas o assunto ainda ontem em São Januário não foi a fácil goleada, mas sim o retorno inglório (ao clube) do atacante Leandro Amaral, que deixou a sua marca com um belo gol."Tenho de honrar a minha família, minha esposa, meus filhos, todos que me apóiam", disse Leandro, que também participou de outros dois gols e tinha receio sobre como a torcida o recepcionaria, depois que deixou o clube em litígio para jogar pelo Fluminense. "Acreditava que teria uma boa apresentação. Estou apenas recomeçando um trabalho."Outro que estava feliz com a noite do ataque cruzmaltino era o técnico Antônio Lopes, que elogiou o entendimento entre Leandro e Edmundo. "Os dois são extremamente talentosos e criativos. Além de concluírem bem a gol, criam situações para os companheiros. Vão dar muitas alegrias ao Vasco", comentou.Mas Lopes ainda acha que o time está longe do que gostaria. Em sua avaliação, o gol no início do Corinthians-AL desestruturou a equipe, que foi mal no meio-campo.Ele tenta consertar o máximo possível para a estréia no Campeonato Brasileiro, domingo, contra o Internacional, em Porto Alegre. Uma decisão já está tomada há algum tempo. Edmundo sequer viaja com o elenco. "A tendência é que o Edmundo não jogue", adiantou o técnico vascaíno. "Ele se desgastou muito, por ter jogado muito gripado. O programado é ele jogar apenas uma partida por semana."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.