Daniel Ramalho | #VascoDaGama
Daniel Ramalho | #VascoDaGama

Vasco joga com Tombense em Muriaé para confirmar ascensão na Série B do Campeonato Brasileiro

Equipe de Zé Ricardo chega embalada para a partida após vencer a Ponte Preta, por 1 a 0, na última quarta-feira

Redação, Estadão Conteúdo

01 de maio de 2022 | 06h36

A vitória sobre a Ponte Preta, por 1 a 0, na última quarta-feira, trouxe um pouco de paz ao Vasco, que espera confirmar a ascensão no Campeonato Brasileiro da Série B neste domingo, quando enfrenta o Tombense, às 18 horas, no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG), pela quinta rodada. O Vasco vai jogar em casa porque sua torcida esgotou os 10 mil ingressos colocados à venda.

Os times chegam invictos para este confronto na Série B. O Vasco conheceu a sua primeira vitória e chegou aos seis pontos, se distanciando da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Tombense empatou os quatro jogos que fez até agora e ainda está em situação complicada, com quatro pontos.

O Tombense vem mandando seus jogos em Muriaé (MG) porque o estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG), não atende as exigências feitas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a Série B. A distância entre as duas cidades é de aproximadamente 60 quilômetros.

O estádio vai ter lotação completa, porque os 10 mil ingressos colocados à venda acabaram na sexta-feira. A maioria quase total será de vascaínos ou de pessoas que desejam ver o time carioca. O portão principal do estádio será destinado aos vascaínos e apenas um pequeno espaço será reservado à torcida do Tombense.

Sem vencer há sete jogos, o Tombense entra em campo pressionado para buscar a primeira vitória, mas um empate com o Vasco não será considerado um resultado ruim. Autor do gol no empate com o Vila Nova, por 1 a 1, em Goiânia (GO), o meia Jean Lucas pode receber uma oportunidade entre os titulares do técnico Hemerson Maria.

"Nós vamos em busca da nossa primeira vitória contra o Vasco, mas se vier um empate também não será ruim, pois nossa luta não é com o Vasco", disse o presidente do clube mineiro, Lani Gaviole.

Apesar da atuação sobre a Ponte Preta não ter sido de encher os olhos, Zé Ricardo deve manter a escalação que iniciou a partida, pois não tem nenhum novo problema por contusão ou suspensão. Com lesão na coxa direita, o meia Juninho continua no departamento médico.

"Nós sabemos que temos que trabalhar sempre com muito empenho, mas o bom resultado não nos faz deixar o ritmo cair. Sabemos que, se tivermos um tropeço no domingo, a pressão vai voltar. Os adversários são duros, se preparam muito bem. Temos que trabalhar, como estamos trabalhando desde o início", disse Zé Ricardo.

OUTROS JOGOS

Mais cedo neste domingo, Criciúma e Novorizontino se enfrentaram no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). A partida acabou empatada em 1 a 1. Com o resultado, o time catarinense fica na 15ª posição do campeonato com 5 pontos. Já a equipe paulista segue na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, na 19ª posição, com 3 pontos conquistadados.

Rebaixado no Paulistão, o Novorizontino não ganha uma partida desde o dia 7 de novembro de 2021, quando bateu o Manaus, pela Série C do Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.