Vasco joga sob pressão em Porto Alegre

A goleada sofrida pelo Paraná na última rodada do Campeonato Brasileiro fez o técnico Antônio Lopes realizar diversas modificações no Vasco para a partida desta quarta-feira contra o Internacional, às 21h40, no Beira Rio, pelo Campeonato Brasileiro. O time carioca tenta a sua segunda vitória fora de casa na competição. Apesar de o presidente do Vasco, Eurico Miranda, ter frisado que Lopes não corre risco de demissão, o treinador sabe que sua situação não é boa. Um novo fracasso certamente vai deixar o clima em São Januário ainda mais tenso. O nome de Tite, atualmente desempregado, já foi veiculado no clube. Com a intenção de obter a vitória, Lopes realiza três modificações de ordem técnica. O lateral-direito Claudemir, o volante Bruno Lazaroni e o atacante Souza cedem seus lugares para Russo, Da Silva e Donizete, respectivamente. Rodrigo Souto, que cumpriu suspensão contra o Paraná, retorna ao time. Para a tristeza do meia Léo Lima ele continua no banco de reservas. Nem o pedido do atacante Edmundo serviu para convencer Lopes de que o jogador deve ser titular. Danilo, que já havia entrado na derrota para o Paraná, será o substituto de Marcelinho, suspenso. O jovem Morais continua na equipe. Reforço - Ainda não será contra o Paysandu, sábado, que o meia Beto fará sua estréia no Brasileiro com a camisa vascaína. A documentação com a liberação do jogador, por parte do Consadole Sapporo (Japão), ainda precisa ser enviada. Com isso, o atleta não pôde ser inscrito na competição. ?Estou trabalhando a parte física para poder jogar quando tudo estiver certo?, afirmou Beto.

Agencia Estado,

08 de julho de 2003 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.