Vasco lamenta chance perdida, mas valoriza empate

Depois de empatar por 0 a 0 com o Internacional, na noite do último sábado, no Beira-Rio, o Vasco deixou Porto Alegre com a sensação de que poderia ter conquistado uma vitória, tendo em vista a grande chance desperdiçada pelo meia Carlos Alberto no final do confronto. Na cara do gol, o jogador chutou por cima da meta defendida por Muriel, em lance destacado pelo atacante Alecsandro, que ao mesmo tempo valorizou o resultado obtido fora de casa.

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 07h54

"O Vasco jogou bem no segundo tempo e perdeu a melhor chance do jogo, mas estamos satisfeitos com esse ponto", afirmou Alecsandro, em discurso parecido com o do zagueiro Dedé nos vestiários do Beira-Rio. "O conjunto está se dedicando bem aos jogos, estávamos tomando muitos gols, gols que anteriormente a gente não sofria, e agora mais uma vez não tomamos e temos de comemorar o empate sim", completou o defensor.

Já Carlos Alberto admitiu decepção pela grande oportunidade que desperdiçou no final do confronto, mas também valorizou o empate obtido fora de casa, que deixou o time vascaíno com 30 pontos, na vice-liderança do Brasileirão.

"Foi uma tabela tão boa que eu fiz com o Felipe que merecia o gol. Foi uma boa chance que tive mesmo ali no final, mas não dá para ficar lamentando. Tentamos, insistimos, mas não foi possível vencer. O Vasco está fazendo boas partidas e vai manter esse nível", analisou o meio-campista, para depois enfatizar: "Um ponto contra um adversário desse em uma competição como essa é de suma importância".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.