Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Divulgação
Divulgação

Vasco lança camisa para ajudar em obra do CT e no combate ao coronavírus

De acordo com a iniciativa, receberão o uniforme os primeiros 2020 vascaínos que fizerem doações acima de R$ 500,98

Redação, Estadao Conteudo

07 de abril de 2020 | 23h09

O Vasco lançou, nesta terça-feira, uma camisa alusiva ao novo CT do clube. A apresentação do uniforme, até por causa das restrições impostas pela pandemia do coronavírus, foi realizada através das redes socais, tendo contado com a participação do zagueiro Leandro Castan e do meia-atacante Talles Magno.

A camisa será uma recompensa aos vascaínos que fizerem doações para a obra de construção do CT, no bairro do Jacarepaguá. Além disso, o clube decidiu que parte da receita será destinada para o Hospital Universitário Pedro Ernesto, no bairro de Vila Isabel, em uma ajuda para combater a covid-19.

De acordo com o Vasco, a camisa terá produção limitada 2020 unidades. E as 0001, 1898, 1924, 1927 e 2020 vão ser na cor dourada. A peça foi idealizada por um torcedor, Gilmar de Abreu Vieira Junior, tendo sido escolhida através de votação. Exceto pelas numerações especiais, a camisa tem um tom cinza em sua parte da frente, sendo cinza nas costas.

De acordo com a iniciativa do Vasco, receberão a camisa os primeiros 2020 vascaínos que fizerem doações acima de R$ 500,98 para a construção do CT. Com todas as vendas, a arrecadação será de pouco mais de R$ 1 milhão. "A camisa já está disponível e além de você contribuir para o CT, vai ajudar na campanha contra a covid-19. A destinação do dinheiro também vai para o Hospital Pedro Ernesto nessa luta contra a covid-19", afirmou Castan durante a transmissão no perfil no Instagram do Vasco.

Tudo o que sabemos sobre:
Vascofutebolcoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.