Vasco marca aos seis segundos, vence, mas fica em terceiro

Resultado rebaixa o Duque de Caxias para a segunda divisão do Carioca

Sílvio Barsetti, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2014 | 18h13

RIO - O Vasco fez o dever de casa e venceu o Duque de Caxias por 4 a 0, neste domingo à tarde, em São Januário, mas, mesmo assim, não conseguiu o seu objetivo: o de terminar em segundo lugar na fase de classificação do Campeonato Carioca. O time ficou em terceiro e perdeu a vantagem de dois empates nos confrontos com o Fluminense - o primeiro jogo já será disputado no meio de semana. O resultado rebaixou o Duque para a segunda divisão.

Com ritmo forte, o Vasco fez um gol relâmpago, logo aos seis segundos de jogo. Foi numa troca de passes bastante rápida e finalizada por Reginaldo. Na comemoração, os jogadores levantaram as mãos como se estivessem erguendo uma taça. Era uma homenagem ao zagueiro Bellini, que atuou pelo clube e se consagrou com o gesto quando do primeiro título mundial da seleção brasileira, em 1958. Bellini morreu na quinta-feira.

O segundo gol, antes da metade do primeiro tempo, deu mais tranquilidade ainda ao time e levou os adversários ao desespero. Para tentar fugir da queda, o Duque de Caxias precisava vencer e torcer por outros resultados. O Vasco torcia por um tropeço do Fluminense, que venceu o Volta Redonda em Macaé.

No segundo tempo, o time do técnico Adilson Batista continuou melhor e chegou com facilidade ao terceiro gol, num chute bonito de Edmílson. Depois, o atacante fez mais um e se isolou na artilharia do Carioca, agora com 10 gols.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 4 X 0 DUQUE DE CAXIAS

VASCO - Martin Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Aranda, Fellipe Bastos e Douglas (Dakson); Reginaldo (Montoya), Edmílson e Everton Costa (Bernardo). Técnico - Adilson Batista.

DUQUE DE CAXIAS - Andrade; Bruno Neves (Nélio), Gutti, Alan Henrique e Alan Pires; André Gomes, Lenon (Arzayus), Sampson, Juninho e Washington; e Alex Terra (Nathan). Técnico - Mário Júnior.

GOLS - Reginaldo, aos 6 segundos, e Everton Costa, aos 14 minutos do primeiro tempo. Edmílson, aos 7 e aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Philip Georg Bennet.

CARTÃO AMARELO - Marlon, Washington.

RENDA E PÚBLICO - não disponíveis.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.