Vasco massacra o Atlético-MG e fica na zona da Libertadores

Colombiano Martín Garcia faz 2 e cariocas vencem por 4 a 0. Time de Celso Roth ocupa a 3.ª posição

Bruno Lousada, do Estadão,

21 de julho de 2007 | 20h28

O Vasco venceu o Atlético Mineiro por 4 a 0, na noite deste sábado, e assumiu provisoriamente a terceira colocação no Campeonato Brasileiro, com 20 pontos - pode ser ultrapassado no complemento da rodada. De quebra, o time carioca segue invicto no Estádio de São Januário há 17 partidas. Já os mineiros se mantém com 16 pontos e diretoria deve demitir o técnico Zetti.Veja também: A classificação da Série AO jogo começou com alguns minutos de atraso porque o Atlético Mineiro entrou em campo com uniforme semelhante ao do Vasco. E detalhe: a equipe visitante só levou para o estádio camisas de cor branca, a mesma tonalidade do time da casa, que tem o direito de atuar com o uniforme número 1. O juiz José Henrique de Carvalho, então, mandou a bolar rolar sem solucionar o problema. "Ficarei mais atento", disse.O Vasco começou a partida com dois atacantes, trocando o esquema 3-6-1 para o 3-5-2. "A minha preferência é de jogar assim, com dois centroavantes. A gente chega mais", disse Leandro Amaral, contente com a companhia do colombiano Martín Garcia. O primeiro tempo foi fraco tecnicamente e sem emoção. As duas equipes jogaram mal e fizeram muitas faltas. Garcia perdeu um gol incrível de cabeça. Romário, que assistia à partida do camarote do presidente Eurico Miranda, deve ter pensado: "Esse (gol) eu não perdia."Fora de forma, o atacante, de 41 anos, se recupera de contusão no tornozelo direito. Ele treinou somente uma vez em 21 dias. Para amigos, tem dito que vai se aposentar em breve. Leandro Amaral sentirá saudades. "Estamos errando muitos passes", reclamou, no intervalo.Os donos da casa dominara, a segunda etapa. Martín Garcia fez dois gols, ambos de cabeça, e deixou o campo ovacionado pela torcida. O Atlético Mineiro se perdeu de vez depois da correta expulsão do zagueiro Lima, aos 9 minutos. Alan Kardec, que entrou no lugar do atacante colombiano, também fez de cabeça: 3 a 0. O meia Conca decretou a goleada: 4 a 0. A torcida do clube carioca provocou os rivais: "Não é mole não, em São Januário ninguém ganha do Vascão."VASCO 4 X 0 ATLÉTICO MINEIROVasco - Silvio Luiz, Jorge Luiz    , Julio Santos e Dudar (Ernane); Wagner Diniz, Amaral    , Perdigão (Júnior), Conca e Rubens Júnior; Martín Garcia (Alan Kardec) e Leandro Amaral. Técnico: Celso Roth.Atlético-MG - Diego, Vinícius    , Marcos e Lima    ; Cláudio (Serginho), Rafael Miranda, Bilu     (Paulo Henrique), Marcinho e Thiago Feltri; Danilinho e Galvão     (Éder Luís). Técnico: Zetti.Gols - Martín Garcia, aos 6 e 25 minutos; Alan Kardec, aos 41; e Conca, aos 46 minutos do segundo tempo.Árbitro - José Henrique de Carvalho (SP).Renda - R$ 58.630,00.Público - 5.607 pagantes.Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.