Vasco mexe no elenco após partida contra a Nicarágua

Como prometera o técnico Dorival Júnior, o jogo-treino com a seleção da Nicarágua, vencido pelo Vasco por 3 a 0 na terça-feira, não serviu apenas para dar ritmo a jogadores que não estavam sequer ficando no banco. O treinador utilizou a partida para analisar quais deles ainda devem permanecer no elenco ou serem negociados.

AE, Agencia Estado

17 de junho de 2009 | 19h03

Dois jogadores se destacaram e podem ganhar uma oportunidade já na próxima partida do time, contra o Duque de Caxias, sexta-feira, em São Januário, às 21 horas. O atacante paraguaio Milton Benítez marcou um gol e teve bom desempenho, deixando uma dúvida na cabeça do treinador. Assim como o jovem Philipe Coutinho, também autor de um dos gols.

Como Dorival não terá o meia Carlos Alberto, suspenso, o atacante Rodrigo Pimpão, machucado, e o meia-atacante Alex Teixeira, defendendo a seleção sub-20, Benítez ou Coutinho podem ser testados no time contra o Caxias. Coutinho, de 17 anos, inclusive já está negociado com a Internazionale de Milão, clube que defenderá a partir do ano que vem.

A comissão técnica e a diretoria continuaram o trabalho de ajuste do elenco para o restante da temporada. O atacante Faioli teve seu contrato rescindido. Depois de quase quatro anos no clube, intercalados por empréstimos para Vitória, Madureira e Boavista, o jogador vai jogar no Leixões, de Portugal, por uma temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.