Vasco não encanta, mas faz 3 a 0 e vence o Mesquita

Leandro Bonfim fez dois e o goleiro Tiago, em cobrança de pênalti, fez o terceiro do time de Romário

Bruno Lousada, O Estado de S. Paulo

26 de janeiro de 2008 | 20h58

O Vasco fez sua parte: venceu o fraco Mesquita, por 3 a 0, neste sábado à noite, em São Januário, em partida válida pela terceira rodada da Taça Guanabara - primeiro turno do Campeonato Carioca. Com o resultado, o time comandado por Romário chegou aos seis pontos no Grupo B e alcançou o Botafogo, que entra em campo neste domingo à tarde contra Americano, no Engenhão. O técnico-jogador Romário já deu sinais de irritação com o atual elenco do Vasco, considerado por ele como o pior entre os grandes do Rio. Uma coisa é indiscutível: o Baixinho entende de futebol. Realmente, o time é limitado tecnicamente, embora tenha muita vontade. Sem paciência, Romário chegou a dizer na sexta-feira que a equipe estava caolha, pois só atacava pelo lado direito. Até agora, o Vasco não convenceu. Na estréia do Carioca, foi derrotado pelo Madureira, por 2 a 1, em São Januário. Na ocasião, a torcida pediu a contratação de bons jogadores e hostilizou Romário e o presidente Eurico Miranda. Na segunda rodada, o Vasco superou o Americano por 1 a 0, sem exibir bom futebol. Neste sábado, a equipe melhorou um pouquinho, mas deve-se levar em conta a fragilidade do adversário. O meia Leandro Bonfim fez os dois primeiros gols da equipe cruzmaltina na partida. O primeiro driblando o goleiro e o segundo, em cobrança de falta. O goleiro Tiago fechou o placar batendo pênalti. OUTROS RESULTADOS Pelo Grupo A, na estréia do técnico Amarildo, destaque da seleção brasileira no bicampeonato mundial no Chile (em 1962), o América deu mais um vexame no Estadual do Rio: perdeu em casa para o Volta Redonda, por 4 a 2. O time da Cidade do Aço conquistou sua primeira vitória na competição, enquanto o rival segue sem pontuar. Também pelo Grupo A, o Cardoso Moreira derrotou em casa o Boavista, por 2 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoEstadual do RioMesquita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.