Vasco não sonha com craques

A diretoria do Vasco adotou a política dos pés no chão para reforçar o elenco em 2006. Com dificuldades financeiras, o lema em São Januário é contratar com muito critério, como declarou hoje o vice-presidente de Futebol do clube, José Luiz Moreira. ?A gente está fazendo a coisa com consciência. Não temos dinheiro para contratar craques de seleção brasileira. E também não podemos errar.Logo, não vai haver precipitação?, disse o dirigente. ?No momento certo, os reforços virão?. O Vasco buscará no mercado um zagueiro, um lateral-esquerdo para compor o elenco, um camisa 10 (meia) e um volante. ?Vou atender o pedido do técnico Renato Gaúcho dentro de uma lógica. Não adianta sonhar com craques?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.